Acesse a Loja

Com faturamento bilionário, o mercado nacional de padaria reúne estabelecimentos variados  

No café da manhã de muitos brasileiros, não pode faltar o “pãozinho nosso de cada dia”, normalmente comprado na padaria perto de casa. 

O que muitas pessoas não sabem é que esse costume movimenta um mercado que faturou R$ 105,85 bilhões em 2021, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP). 

Sendo assim, você vai saber neste artigo mais detalhes sobre o mercado de padarias no Brasil, quais os tipos de estabelecimentos e quais as melhores máquinas para padarias que vão garantir uma produção mais eficaz! 

Como está o mercado de padaria no Brasil e sua empregabilidade 

Até a publicação deste artigo, existem mais de 70 mil padarias pelo país, e este número aumenta todos os anos. 

Há uma estimativa que diz que 41 milhões de brasileiros entram todos os dias nas padarias para comprar pão. 

Outro dado interessante, este de acordo com o Sindipan-MT, mostra que o pão francês é consumido no café da manhã por 76% dos brasileiros.  

Este setor conta com mais de 2,5 milhões de trabalhadores, sendo que 920 mil profissionais possuem empregos diretos e outros 1,6 milhão são colaboradores indiretos. 

Assim como ocorreu com outros mercados, o de padaria também foi muito afetado pela pandemia da Covid-19, que ocasionou um aumento no consumo de pão.  

Foram feitas adaptações para continuar vendendo mesmo em um período complicado, como o uso intensificado de delivery (próprio ou por aplicativos), a ampliação do mix de produtos (comentaremos sobre isto mais adiante), entre outros.  

Um fator que contribuiu para garantir o faturamento das padarias entre 2020 e 2021 foi o tratamento das panificadoras como atividade essencial, podendo atender o público normalmente, mas com restrições (proibição de consumo interno, uso de máscara, distanciamento social, etc.) 

O pão está tão presente na mesa dos brasileiros que tem um dia dedicado a ele, o Dia Nacional do Pão Francês, comemorado em 21 de março. 

Há também o Dia Mundial do Pão, celebrado no dia 16 de outubro. 

Falando nisso, você sabe como o pão francês surgiu?  

Qual a origem do pão francês?  

O pão francês tem várias origens. A versão mais aceita vem do século XX, época em que os brasileiros importavam costumes da Europa. 

Naquele tempo, a elite brasileira que viajava para o Velho Continente importou um pãozinho pequeno feito em Paris, bem antes do surgimento da baguete. 

As padarias daquele tempo, quase todas fundadas por famílias portuguesas, acrescentaram gordura e açúcar à receita tradicional desse pão, composta por farinha, água e sal.  

Para acelerar o processo de produção, o fermento natural foi substituído pelo biológico. 

Com isso, nosso pão francês ficou diferente do original, e caiu no gosto do brasileiro, em especial nas regiões Sul e Sudeste. 

Agora que explicamos a origem do pão francês, fique por dentro dos tipos de padaria em atividade no mercado nacional. 

Tipos de padarias: uma para cada ocasião 

Com o passar dos anos, as padarias foram crescendo e se desenvolvendo junto com seu público.  

Podemos dizer que as padarias atuais não são as mesmas de trinta ou vinte anos atrás. 

Hoje, as padarias oferecem um mix de produtos mais variado e algumas delas são direcionadas para públicos específicos. 

Confira abaixo quais são as categorias de padarias presentes hoje:  

Padaria de serviços 

Este é o tipo de padaria mais comum no Brasil, e com certeza deve haver uma em seu bairro. 

As padarias de serviços geralmente ficam localizadas no centro das cidades, em vias de grande circulação (como avenidas e ruas) ou próximas de escritórios e lojas. 

Além dos itens próprios de uma padaria, como pães, café, salgados e tortas, oferecem também produtos de confeitaria, como bolos e doces, rotisseria (frango assado, costela assada) e atuam também como lanchonete, ofertando lanches e salgados maiores. 

Padaria de conveniência 

A padaria de conveniência também pode ser encontrada em bairros ou até mesmo em outros locais, como postos de combustível. 

Esta categoria vende os produtos mencionados no tópico anterior e se assemelha a uma loja de conveniência, comercializando também itens de higiene pessoal, limpeza, condimentos, mercearia e outros. 

bolo de morangos e geleia feito em uma padaria boutique envolto em biscoitos champanhe e preso por um laço vermelho
Uma padaria de boutique fabrica produtos mais elaborados e sofisticados, como por exemplo este bolo de morango envolto por biscoito de champanhe (Crédito: Reprodução / Envato)

Padaria de boutique 

Voltada para um público-alvo mais elitizado, com poder aquisitivo alto, a padaria de boutique tem como prioridade a venda de produtos importados, como queijos e vinhos, e a fabricação de produtos próprios (artesanais) e exclusivos. 

Este tipo de padaria está localizado nos pontos mais valorizados de uma cidade, próximo de condomínios fechados, por exemplo. 

Padaria artesanal 

Aqui, são utilizados os melhores ingredientes e os pães são preparados de forma caseira, alguns deles através de fermentação natural. 

O ambiente físico de muitas padarias artesanais é parecido com o das padarias de boutiques, com iluminação diferenciada, espaço minimalista, etc.  

Além disto, uma padaria artesanal também está instalada em bairros mais exclusivos. 

Padaria orgânica (ou fit) 

O ramo de padarias fit (ou orgânicas) é um dos que mais cresce nos últimos anos devido a maior procura por alimentos mais saudáveis. 

O mix de produtos inclui itens feitos com ingredientes naturais e para clientes com restrições alimentares.  

Alguns exemplos são pães e salgados sem glúten, low carb, sem lactose, orgânicos, integrais e veganos. 

Padaria “ponto quente” 

Esta categoria é uma tendência recente vinda da Europa, no qual a padaria abre filiais para vender. 

Isso porque na padaria “ponto quente”, os pães e outros produtos vêm congelados para serem assados ao longo do dia. 

Com isso, o estoque é reposto diariamente pela matriz, e o espaço físico da padaria é menor. 

Padaria de mercado 

Como o próprio nome diz, esta padaria encontra-se dentro dos supermercados, oferecendo pães, salgados e doces. 

Alguns itens são produzidos dentro do estabelecimento ou comprados de fornecedores, como no tópico seguinte. 

Padaria industrial 

Nesta modalidade, a padaria atua como uma fornecedora, vendendo sua produção diretamente para empresas e não para o consumidor final. 

Alguns exemplos de clientes das padarias industriais são mercearias, supermercados e comércios varejistas. 

Qual é a melhor máquina para padarias? 

Depois de conferirmos os tópicos acima, podemos entender que as padarias têm uma rotatividade diária de produtos. 

E para atender toda essa demanda é necessário que o melhor maquinário esteja à disposição. 

Por isso, conheça abaixo algumas opções da Cetro Máquinas perfeitas para padarias transformarem suas produções! 

Seladora Automática Contínua SA 912 LW 

Esta Seladora conta com uma esteira de 288mm de largura, garantindo alto rendimento para produtos grandes.  

Podendo fechar qualquer embalagem plástica, a Seladora Automática Contínua da Cetro pode selar até 22 mil embalagens em 8 horas de funcionamento. 

Assista o vídeo abaixo e confira a Seladora Automática Contínua LW em funcionamento:

Dosadora Automática para Pós de Bancada FLG 1000 T 

Com este equipamento, você conseguirá dosar pós com máxima precisão e tecnologia, podendo realizar até 1.500 envases por hora.  

A Dosadora Automática FLG 1000 T é fabricada em aço inoxidável e ajustada por um Controlador Lógico Programável (CLP), tornando o processo de dosagem mais inteligente e reduzindo a perda de matéria-prima. 

No vídeo abaixo você pode ver na prática como a Dosadora Automática FLG 1000 T funciona:

Datador Manual 

Para garantir que seu produto estará com a data de fabricação, validade e lote impressos em alta qualidade, conte com o Datador Manual da Cetro. 

Ele possui três linhas de impressão e até 15 dígitos por linha, com impressão inviolável e nítida para as informações obrigatórias estarem sempre visíveis. 

Por ser manual, este Datador tem ampla durabilidade e baixo custo de manutenção. 

Veja a operação do Datador Manual da Cetro:

Máquinas ideais para sua padaria: só na Cetro! 

Por último, constatamos aqui que o mercado de padarias está consolidado há muito tempo, dado o último faturamento registrado. 

O principal fator para a solidez deste ramo é a qualidade dos produtos e a forma que eles são produzidos.  

Portanto, as máquinas da Cetro são a escolha perfeita para quem está começando ou já trabalha com padarias. 

Veja mais opções de equipamentos para seu negócio clicando aqui. 

Aproveite e conte pra gente nos comentários se você sabia todos os tipos de padarias em funcionamento! 

Conhece alguém que trabalha ou quer entrar para este setor? Então compartilhe este artigo em suas redes sociais! 

Não esqueça de acompanhar sempre o blog da Cetro para mais conteúdos que vão ajudar a inovar seu negócio! 

tt ads

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.