Saber como pedir orçamento de maneira correta e clara pode fazer uma enorme diferença na hora das compras para seu estabelecimento. Por isso, alguns detalhes merecem atenção e não podem ser esquecidos.

Mas também é necessário ter cautela e verificar as opções disponíveis.

Acompanhe o nosso artigo abaixo e aprenda como pedir um orçamento para agilizar suas compras.

Como pedir um orçamento?

O momento das compras sempre exige muita análise e cautela. É importante ter certeza daquilo que será comprado, das quantidades e dos prazos para cada entrega. Porém, ainda que tudo esteja certo no planejamento do mês, saber como pedir orçamento para os fornecedores é essencial.

No caso de trabalhar com um fornecedor fixo, o provável é que o orçamento não mude muito. Mas em casos de algum pedido orçamentário emergencial (reformas, manutenção, novos equipamentos), o documento deverá ser feito do zero para garantir a assertividade nas informações.

O que não pode faltar

Monte seu pedido de orçamento com o máximo de informações básicas que conseguir. O ideal é deixar, ainda que resumido, o mais completo possível para garantir uma compra certa. Adicione:

  • nome do estabelecimento ou da pessoa que será responsável pela compra;
  • tipo do estabelecimento;
  • espécie de produto a ser orçado;
  • o produto;
  • quantidade;
  • prazo de entrega.

Caso deseje, você pode até mesmo se antecipar e pedir informações sobre o pagamento, principalmente as condições disponíveis e também como poderá realizar a quitação dos produtos ou serviços.

No caso de ser um serviço, é importante entender que, a não ser que já seja de prévio conhecimento do estabelecimento, deverá haver antes uma visita para certificar o contratado e o contratante do que deve ser feito.

Mas, não adianta, por exemplo, orçar um conserto de fogão sem saber ao certo qual o problema, certo?

Antes deverá orçar uma visita técnica e, então, pedir três ou quatro orçamentos de empresas diferentes para comparar os valores do serviço de manutenção.

Como selecionar um orçamento?

Primeiramente, ao selecionar um orçamento, você deve comparar o valor oferecido à qualidade e idoneidade da empresa que fornecerá o produto ou serviço. Empresas conhecidas podem ser mais caras, mas às vezes terão opções melhores ou trabalhadores mais capacitados para um ou outro procedimento.

Por isso, pesquise muito!

Selecione no máximo cinco opções e, ao recebê-los, leve em conta também o prazo estipulado para entrega ou realização do serviço. Principalmente no caso de pedidos de produtos, sair do prazo pode ser um problema.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Saber como economizar nas compras de maquinário é fundamental para garantir bons rendimentos à empresa, conseguindo diminuir os gastos.

Por isso, separamos algumas dicas que você deve levar em consideração na hora de adquirir equipamentos para o seu negócio. Confira a seguir!

Como economizar nos equipamentos?

Para continuar evoluindo em seu empreendimento, é importante estar atento às mudanças de mercado e novas tecnologias que surgem.

Mas, oferecer o que há de melhor para os clientes deve ser o objetivo principal de todo negócio, conciliando o que cabe no orçamento com o que trará lucro ao investimento.

Portanto, é preciso avaliar bem cada detalhe antes de fazer a compra impulsiva de diversos equipamentos que podem nem ser tão necessários ou úteis para sua produção. Além disso, é importante buscar sempre por qualidade e melhor custo-benefício.

8 dicas para economizar nas compras dos equipamentos

Por isso, confira algumas dicas para economizar nas compras de maquinário em sua empresa e coloque-as em prática:

  1. Antes de fazer qualquer aquisição, pense se aquele equipamento será mesmo necessário para a sua produção. Coloque no papel as vantagens e desvantagens e avalie se vale a pena;
  2. Converse também com seus funcionários para saber a opinião deles, assim entenderá o quanto aquela máquina irá impactar na produção de cada um;
  3. Depois de ter em mãos a lista dos itens indispensáveis para melhorar a produtividade do seu negócio, faça um planejamento financeiro. Veja o que é prioridade e/ou mais acessível no momento;
  4. Pesquise bastante na internet e converse com outros colegas de trabalho para ouvir indicações. Avalie se o lugar onde vai comprar é de confiança, se tem credibilidade e boas avaliações nas redes sociais;
  5. Entre em contato com o vendedor e tire todas as dúvidas possíveis! Você não pode correr o risco de comprar um equipamento que não seja de alta qualidade — até porque, depois, irá gastar mais com manutenção;
  6. Mas avalie as vantagens oferecidas, formas de pagamento e garantia;
  7. Por isso, coloque no papel os custos adicionais que aquele item irá trazer, como energia ou despesas com treinamento de equipe;
  8. Você pode contar com a ajuda do Sebrae para orientar sobre como economizar nas compras. O programa Consultoria Tecnológica (também chamado de SebraeTec ou Padetec) ajuda a orientar sobre a escolha dos equipamentos mais adequados.

Por isso, para que sua produtividade seja a melhor possível, os equipamentos devem acompanhar a eficiência da empresa. Esse é o pensamento da Cetro. Oferecemos as melhores soluções com qualidade para que sua empresa cresça cada vez mais.

Quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país? Acesse o nosso site e confira os itens que não podem faltar na sua produção.

Acompanhe o Blog da Cetro e garanta que o seu negócio tenha as melhores soluções para automatizar os seus processos.

É extremamente necessário criar um planejamento de compras para sua empresa. Uma atitude como essa pode, em momentos de economia mais enxuta, fazer total diferença no orçamento mensal de seu negócio.

A ideia deve ser sempre gastar menos e vender mais, e para ter noção do seu preço de venda é essencial saber o quanto foi gasto.

Quer saber como criar um bom planejamento e aproveitar melhor o caixa disponível para as compras empresariais?

Confira o artigo e siga as nossas dicas!

O que é um planejamento de compras?

Nas últimas décadas o planejamento de compras tem obtido um impacto importante sobre a saúde financeira das empresas.

Afinal, a previsibilidade das demandas permite verificar a disponibilidade de dinheiro em caixa, oferecendo tempo para pesquisar os melhores preços e as condições de pagamento favoráveis. Ou seja, comprar com mais qualidade apresentando aos consumidores produtos melhores, a preços mais competitivos.

Por isso, o planejamento de compras é um processo estratégico, que visa gerenciar o fluxo de suprimentos de uma empresa, zelando pelo preço, prazo e qualidade.

O plano de compras de uma empresa deve estar alinhado com o planejamento estratégico, tendo como objetivo proporcionar um atendimento de excelência às necessidades dos públicos da organização. Atingindo seus objetivos, o planejamento de compras corporativas é capaz de gerar maior lucratividade para o negócio e, dessa forma, contribuir para a eficiência do planejamento de custos.

Passos para um bom Planejamento de compras

Tenha uma previsão de vendas

Nós sabemos que é quase impossível ter certeza do quanto será vendido e lucrado no mês.

Mas para que seja feito um planejamento de compras eficiente, é importante ter uma noção da quantidade.

Isso permitirá que você tenha um índice previsto na linha de produção, auxiliando na hora de decidir o volume das compras de insumos.

Leia mais: O que é uma Linha de Produção?

Monitore seu inventário

Com a previsão de vendas em mãos é hora de verificar o que ainda está disponível para produção.

Separe um tempo, pelo menos uma vez a cada quinzena, para verificar o estoque.

Muitas vezes, por falta de cuidado, é colocada no planejamento a aquisição de algum insumo que ainda está presente no estoque da empresa — um gasto extra que pode ser facilmente evitado com monitoramento frequente.

Confira: 03 Dicas para criar um padrão de qualidade

Relacione o planejamento de compras aos fornecedores

Tem tudo em mãos em termos de quantidade e necessidade de insumos?

Verifique quais são os melhores fornecedores para a ocasião. Pense na questão velocidade de entrega e preço para encontrar as opções que tragam mais benefícios.

Para ajudar, você pode fazer uma lista de produtos a serem comprados em ordem de prioridade. Assim não correrá o risco de gastar demais em algo não é urgente.

Leia mais: O que é logística empresarial?

Não estoure o orçamento

Seu planejamento de compras deve encaixar no orçamento mensal e com sobras. Portanto, nada de estourá-lo, a não ser em último caso!

Assim, quando surgir alguma situação na qual a produção precise e possa ser parada, ainda por um curto período, pare. É melhor deixar de ganhar lucro do que operar no vermelho!

Confira: Como organizar as finanças do seu negócio?

Faça um planejamento de compras internas

Da mesma forma, a própria empresa também precisa de certos insumos (canetas, móveis que necessitem ser substituídos, produtos de limpeza), e para eles o planejamento deve ser distinto.

Não misture as necessidades! Por isso, crie outro planejamento para as compras internas, com foco nas mesmas questões cabíveis abordadas acima.

Mas, o grande segredo está em separar as compras. Embora o caixa seja o mesmo, devem existir duas verbas diferentes.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.