Acesse a Loja

Conheça as melhores práticas para realizar o recrutamento de novos funcionários e aproveitar melhor aqueles que já estão integrados 

Quando uma empresa está em período de crescimento, seja de espaço físico, departamentos ou ainda em processo de abertura de uma nova loja ou filial, sempre irá surgir a necessidade de fazer um recrutamento de novos colaboradores e criar cargos, sendo que algumas vagas podem ser preenchidas por quem já está trabalhando há algum tempo em seu negócio. 

Para te ajudar neste momento tão importante, confira neste artigo o que você pode fazer para recrutar novos funcionários para sua empresa utilizando os melhores métodos.

Além disso, também vamos explicar como fazer uma seleção interna para melhor aproveitar e valorizar seus colaboradores.

Mas para que tudo isso aconteça, é necessário que seu negócio tenha uma área específica para cuidar desta parte. 

Organize um Departamento de Recursos Humanos  

Caso sua empresa tenha recursos, faça a estruturação de um setor de Recursos Humanos, uma vez que ele será o responsável pelas contratações, organização dos dados e documentos de todos os colaboradores, realização de pesquisas internas para avaliar o clima, desempenho, engajamento e produtividade da equipe, entre outras atribuições. Vale também adquirir um software de gestão de RH para otimizar processos burocráticos como a organização das informações dos colaboradores, melhorar a seleção de funcionários, etc. Este departamento pode ser composto por profissionais formados em psicologia ou em cursos específicos, como Gestão de RH. 

Agora que você sabe sobre a importância de ter uma área dedicada a Recursos Humanos em seu negócio, conheça como pode ser feito o recrutamento (externo ou interno) de novos funcionários!  

Seleção externa 

O que é  

Um processo seletivo externo nada mais é do que encontrar profissionais (tanto disponíveis quanto empregados em outro local) de fora da sua empresa e definir qual é o mais adequado para a vaga que foi aberta. Pode parecer simples quando olhamos desta forma, mas todos os procedimentos envolvidos, desde analisar a nova oportunidade até o primeiro dia do novo colaborador, envolvem um planejamento estratégico e criterioso em todos os aspectos. 

Veja agora quais são as etapas envolvidas em um recrutamento externo: 

Defina como será a vaga 

Antes de dar início ao processo, você deve responder a seguinte pergunta: “Que tipo de profissional a empresa está procurando?”. Para isto, você deve pensar no perfil, experiências e formação do futuro contratado, e com essas informações construir uma lista com os requisitos mínimos para a vaga. Considere também as chamadas hard skills (aptidões técnicas, obtidas por meio de cursos e treinamentos) e soft skills (competências sociocomportamentais como proatividade e comunicação interpessoal). 

Divulgue a vaga no lugar certo 

Com todas as informações necessárias reunidas, a próxima etapa é montar um texto para apresentar a vaga. Ele deve ser o mais claro possível para evitar que interessados que não se encaixam no perfil pretendido se candidatem. 

Assim que a descrição estiver pronta, parta para a divulgação da vaga. Aqui você deve decidir em quais meios o anúncio da oportunidade será veiculado, e não faltam opções: podemos incluir os portais de vagas (Catho, Indeed e Gupy), sites de emprego da sua cidade, anúncio em classificados de jornais, redes sociais da sua empresa (incluindo o LinkedIn), banco de talentos (currículos entregues anteriormente, mesmo quando não haviam vagas abertas) e também indicações feitas por profissionais que trabalham em seu negócio. 

Um exemplo de divulgação está aqui na Cetro: nossas vagas são disponibilizadas através da plataforma Abler, e para saber mais leia nosso artigo: Cetro abre portal de oportunidades para fortalecer o seu time de colaboradores

Agende e faça uma ou mais entrevistas com o candidato 

Conforme for acontecendo o recebimento dos currículos, analise se o candidato é compatível e em caso positivo, entre em contato com o interessado para agendar uma entrevista. 

Dependendo da vaga anunciada, pode ser feita uma única conversa para conhecer o futuro funcionário e saber se ele é a pessoa certa para sua empresa.  

Em outros casos, especialmente para cargos de liderança ou que exigem formação maior, o ideal é dividir o processo seletivo em várias etapas, sendo elas:  

  • Entrevista inicial (pode ser feita presencialmente ou on-line, através de videochamada) para obter dados mais básicos e confirmar o que foi apresentado no currículo; 
  • Dinâmica ou desafio (individual ou em grupo); 
  • Entrevista final com o gestor (responsável) do departamento relacionado com a vaga. Esta etapa geralmente é feita de forma presencial. 

Contrate seu novo colaborador 

Você lembra da pergunta que fizemos no primeiro tópico, sobre “Que tipo de profissional a empresa está procurando”? A resposta será dada nesta etapa: o candidato que mais se aproximou do perfil da empresa após cumprir todas as etapas é quem fica com a vaga e, portanto, será contratado!  

Os próximos passos são mais burocráticos, envolvendo a organização do contrato, recebimento de documentos (RG, CPF, Certidão de nascimento ou casamento, etc), assinatura da Carteira de Trabalho e comunicar o eSocial ou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), dependendo do porte do seu negócio. Só depois desta parte estar concluída é que o novo funcionário pode começar em sua nova função.  

Existe também a integração (ou onboarding) para que o colaborador recém-chegado possa conhecer os processos, departamentos, local de trabalho e outros detalhes da empresa, mas isto não será abordado aqui. 

novos colaboradores da área comercial da cetro máquinas realizando integração após recrutamento externo
Dinâmica de um processo de onboarding da Cetro Máquinas 

Quanto aos candidatos que não seguiram para as etapas seguintes, entre em contato com cada um deles agradecendo a disponibilidade. 

Seleção interna 

O que é  

Diferente do recrutamento que apresentamos até agora, uma seleção interna procura profissionais dentro da própria empresa para preencher uma determinada posição ou até mesmo abrir um novo setor. Este tipo de processo é mais comum em empresas que prezam pelo desenvolvimento profissional de seus funcionários, uma vez que eles já estão adaptados à cultura organizacional e colabora com a retenção de bons colaboradores. 

Dentre as vantagens deste tipo de recrutamento, podemos destacar o custo menor, comparado com a seleção externa, processo mais ágil e o reconhecimento dos funcionários. 

O recrutamento interno pode acontecer das seguintes formas:  

Seleção informal 

Neste caso, existe uma vaga aberta na empresa, mas não há concorrência. Isto geralmente acontece com as promoções que ocorrem em um mesmo departamento. Por exemplo: um coordenador desligou-se da empresa e outro colaborador pode assumir a função. 

Plano de carreira 

Para manter os melhores profissionais e incentivar o aprimoramento constante destes, algumas empresas contam com um plano (ou trilha) de carreira, que consiste em uma espécie de percurso que o colaborador irá passar durante o período em que trabalhar, com requisitos para cada posição seguinte. Sendo assim, a vaga só é comunicada para funcionários que já sabem que vão subir mais um degrau. 

Divulgação das vagas disponíveis 

Este tipo de processo é um pouco parecido com o externo: as vagas são divulgadas pelo setor de Recursos Humanos, com os requisitos solicitados, e todos que se interessaram entram na seleção. A diferença é que aqui os funcionários já estão familiarizados com a empresa, bastando realizar alguns testes e/ou entrevistas para saber se o colaborador tem as habilidades necessárias. 

Dê um retorno quando o processo terminar 

Da mesma forma que é feito em uma seleção externa, entregue um feedback para os candidatos que não conseguiram a vaga. Afinal, ser transparente durante todo o processo faz muita diferença para todos que participaram. 

Comece agora a planejar seus processos seletivos 

Após conferirmos quais são os tipos de recrutamentos que podem ser aplicados, concluímos que o ideal é realizar aquele que mais se encaixa na sua necessidade atual. Outro ponto fundamental é fazer um planejamento cuidadoso sobre a vaga que será anunciada, para evitar candidaturas que não se relacionam com o perfil procurado e acabam por atrasar o processo, e assim poder encontrar o profissional certo, que irá contribuir para o desempenho e crescimento da sua empresa! 

Quer ficar por dentro de mais dicas, tutoriais e conteúdos pensados para ajudar você e sua empresa a alcançarem o sucesso desejado? Então acompanhe o blog da Cetro

tt ads

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.