Fique por dentro das principais características de uma das áreas mais importantes da indústria nacional

Você sabia que um dos setores da indústria mais consolidados no Brasil é o de bebidas?

Este tipo de indústria engloba mais de 3 mil empresas que fabricam vários produtos, incluindo água, sucos, cervejas e refrigerantes!

Por isso, neste artigo você irá conhecer mais sobre este setor e quais os tipos de máquinas mais adequadas para atender as necessidades desta indústria e aumentar a capacidade produtiva!

Empregabilidade e mercado da indústria de bebidas no Brasil

De acordo com o Perfil Setorial da Indústria, plataforma da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o setor de bebidas faz parte da chamada indústria de transformação.

Por sua vez, ela contribui com 55,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da indústria brasileira.

Segundo o mesmo Perfil Setorial, mais de 120 mil pessoas trabalham no setor de bebidas em nosso país.

Um dado surpreendente e que merece destaque é que devido ao tamanho do mercado consumidor, 99% das bebidas produzidas em solo nacional são voltadas para o consumo interno.

Ampla variedade de bebidas comercializadas

A quantidade de produtos vendidos varia muito conforme a empresa, seja ela pequena, média ou grande.

A Kikkoman, por exemplo, concentra-se na fabricação de saquê (tradicional bebida alcoólica japonesa) e outros produtos fora da indústria de bebidas (como arroz e molhos).

Por outro lado, a Ambev (multinacional brasileira que faz parte da empresa belga Anheuser-Busch InBev) possui um extenso portfólio de itens, incluindo refrigerantes (como o Guaraná Antarctica), isotônicos (Gatorade), energéticos (Fusion), sucos (Do Bem), chás (Lipton) e cervejas (Brahma, Budweiser, Skol, Spaten, dentre outras).

Inovações sustentáveis e tecnológicas na indústria de bebidas

Assim como acontece com outras indústrias, as empresas de bebidas também precisam se reinventar, sempre apresentando novidades e demonstrando estar cada vez mais próximas de seu público consumidor.

Um assunto que vem ganhando cada vez mais relevância todos os anos é a sustentabilidade, e um exemplo de preocupação com o meio ambiente é o da Coca-Cola.

Em setembro de 2021, a filial brasileira de uma das maiores corporações norte-americanas do mundo anunciou uma mudança importante: a água mineral Crystal tornou-se a primeira garrafa de água composta apenas por material PET reciclado, dispensando por completo o uso de matéria-prima virgem. O objetivo é reduzir o nível de emissões de CO2 e o descarte incorreto de embalagens.

A iniciativa faz parte de uma estratégia maior: até o ano de 2030, todas as embalagens da água Crystal serão corretamente destinadas, fazendo com que a operação não gere nenhum resíduo.

Outro caso que pode ser considerado aqui é o da startup Zé Delivery, criada dentro da Ambev em 2016 pelo Fundo de Bebidas da ZX Ventures, hub de inovação e aceleração responsável por desenvolver soluções para consumidores.

Trata-se de um aplicativo que, no começo, consistia na entrega de bebidas alcoólicas na casa do cliente, sempre pelo menor preço e com a garantia que elas estarão geladas.

Atualmente, o Zé Delivery ampliou a gama de produtos ofertados para além das cervejas, tornando-se uma espécie de mercado virtual.

Agora, estão disponíveis para compra itens como refrigerantes, sucos, gelo, carnes para churrasco, carvão, salgadinhos, chocolates e outros.

Qual a máquina mais adequada para o setor de bebidas?

Como você acompanhou até agora, a indústria de bebidas é extremamente importante para abastecer o mercado nacional. Por outro lado, é necessário que haja o equipamento adequado para a produção acontecer da melhor forma.

Sendo assim, conheça o tipo de máquina ideal que a Cetro oferece para sua produção atingir a eficiência que seu negócio precisa!

Envasadoras

Esta linha de máquinas da Cetro possui a mais avançada tecnologia para envasar líquidos, automatizando sua produção e consequentemente trazendo mais qualidade para seu negócio.

Contamos com vários modelos para todo tipo de necessidade: envasadora manual, automática, rotativa, rosqueadora, envasadora em linha e outras opções. Inclusive algumas máquinas podem executar múltiplas funções, como aplicar lacres, fazer a selagem destes lacres e distribuir seu produto através de uma esteira. Tudo para garantir o envase perfeito e trazer mais agilidade e otimizar o fluxo de produção da sua empresa!

Se você ainda não sabe qual envasadora escolher, leia nosso artigo “Como escolher a envasadora de líquidos ideal?” para tirar suas dúvidas!

Faça a diferença e transforme sua produção; escolha Cetro!

Precisa impulsionar sua linha de produção de bebidas e quer contar com o maquinário certo para isso, com assistência técnica especializada que atende todo o Brasil e a maior variedade de equipamentos? Então confira as opções que a Cetro oferece para seu negócio superar expectativas! Clique aqui e veja todo o nosso portfólio.

E se você gostou deste artigo e quer ficar por dentro de outros conteúdos pensados para ajudar sua empresa, continue acompanhando o blog da Cetro!

Os carros voadores e o teletransporte talvez ainda sejam tecnologias fora da realidade, não foram completamente descartadas, mas então… em que pé estamos quando o assunto é tecnologia avançada?

Nunca estivemos tão tecnológicos quanto hoje e, a partir disso, começamos a estabelecer prazos para que estas tecnologias avancem e estejam disponíveis para a sociedade o quanto antes.

São anos e anos de estudos, ideias, debates e projetos revolucionários com base de investimentos cada vez mais milionários (ou bilionários), onde grandes atores do cenário global, como marcas, empresas e ou pessoas influentes no mundo da inovação e transformação tentam garantir possíveis acessos a sociedade.

O futuro é incerto, porém altamente apreensivo, se tornando cada vez mais aguardado para quem espera um dia poder usufruir das mais diversas e avançadas tecnologias e ainda com a esperança de se tornarem super acessíveis.

O metaverso pode ser a alternativa para uma realidade aumentada e totalmente virtual

O Metaverso, por exemplo, pode estar encabeçando uma geração de possibilidades, inserindo pessoas comuns em realidades virtuais com diversas maneiras de “ser” e infinitas visões de mundo dentro de um mundo inteiramente virtual.

A inteligência artificial vem sendo aperfeiçoada para, um dia, reduzir cargas de trabalho em diversos departamentos dependentes de ações humanas. A I.A. é muito conhecida pela sua dominância em aplicativos de navegação, reconhecimento de imagens e vozes e caminha para integrar processos de análise de dados de usuários e consumidores de tecnologia, afim de potencializar buscas de determinados assuntos de interesses mútuos.

Echo Dot com assistente de voz Alexa, a “secretária” individual da Amazon, é umas das mais inteligentes inteligências artificiais de reconhecimento de voz do mundo.

Após o longo período da pandemia, é correto afirmar que utilizamos muito mais itens tecnológicos para nos comunicar, trabalhar e viver nessa realidade impactante. É fato que todo tipo de tecnologia foi aperfeiçoada com o intuito de facilitar essas ações, como softwares de comunicação consistentes, pensando que muitos trabalhos passaram a ter presenças remotas por conta do distanciamento social.

Se pensarmos que grandes marcas não dependem mais de comerciais na TV e revistas para se promoverem, entendemos que a internet concentra as principais tendências e é a principal forma de exposição destas marcas ao sucesso de seus algoritmos.

O marketing avança através de tecnologias consistentes e, hoje, está presente na realidade de parte da vida de muita gente, como redes sociais, realidade aumentada, realidade virtual, pagamentos digitais, buscas inteligentes por voz, vídeos e até mesmo o Metaverso, muito esperado e visto com grande potencial para atender a grandes corporações e vislumbrar um mundo, literalmente, cheio de oportunidades virtuais, colaborando para que pessoas interajam em um mesmo ambiente virtual, mas distantes no mundo real.

Os influenciadores também são peças importantes para adequação de marcas ao público e, consequentemente, engajar muitos produtos ao gosto da população.

Rede 5G já é uma realidade ao usuário comum

São pessoas que utilizam de suas imagens para promover novidades de marcas mundialmente conhecidas. Uma grande tendência ao longo que, se o uso contínuo de aparelhos eletrônicos, como celulares, computadores, tablets e atém mesmo computadores de bordo de carros forem levados em consideração.

Apesar de grandes evoluções, a tecnologia avança de acordo com bons e generosos investimentos que atingem números incabíveis, porém necessários a fim de sanar necessidades existentes ou mesmo para progredir com pioneirismo em relação aos produtos lançados por concorrentes.

Um bom exemplo que pode unir tudo de forma gradativa são os celulares cada vez mais propensos a garantir ao usuário experiências futurísticas, como zoom óptico, câmeras sob a tela, carregamentos ultrarrápidos, altas taxas de atualização e o próprio 5G, que cada vez mais toma conta das novas tendências “muito necessárias” que facilitam cada vez mais a usabilidade de eletrônicos no mundo e a agilidade na busca de dados e informações.

Tantos recursos em desenvolvimento, como machine learning, blockchain e automação podem ser um caminho para retomada econômica já que vivemos em uma constante instabilidade desde o início da pandemia.

Cada empresa com potencial de uso alguma dessas tecnologias tem muito a oferecer e cabe a essas corporações extraírem o melhor delas, pois a maioria tende a estimular a capacitação dos profissionais de T.I., sendo necessária a capacitação e treinamentos para melhor posicionamento da organização e para que consigam acompanhar a evolução e a modernização.

Se você busca aumentar a sua produtividade, saiba que a melhor maneira de fazer isso é através da automação industrial, que possibilita modernizar os processos e oferecer segurança a sua produção.

A automação permite o aumento da produção para suprir as necessidades do processo. 

Porém, essa estratégia deve aliar as demandas da produção com a realidade do negócio.

Ou seja, de nada adianta investir altos valores em equipamentos sem compreender o modo com que afetarão a sua produção. 

O que é Automação Industrial?

A Automação Industrial é um processo importante para a produção, afinal, trata-se de um facilitador das atividades

Portanto, é importante saber que cada setor de uma empresa possui as suas necessidades e demandas.

Dessa forma, a automação pode estar presente em diversos modos e etapas, visando a melhoria do sistema produtivo.

Além disso, cada etapa conta com o equipamento ideal para ampliar a produção, como é no caso de selarenvasardosar e até fechar caixas.

Isso porque há máquinas específicas que permitem finalizar os produtos de forma prática, dependendo do tipo de produção.

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, no Brasil, anualmente, são registrados ao menos 700 mil acidentes laborais, em que mais de 5 mil resultam em outras fatalidades.

Outra vantagem da automação industrial é a diminuição considerável dos acidentes operados em máquinas de modo manual. 

Ao introduzir a automação em processos repetitivos, através de máquinas inteligentes e programáveis, o resultado é um trabalho rápido e padronizado. O que resulta no aumento da produção e diminui desperdícios.

tecnologia proporcionou diversos benefícios na cadeia produtiva, transformando a produção e também a economia.

Mas, com uma imensa gama de equipamentos, é importante se atentar aos modelos ideais para cada segmento.

Assim, podem gerar mais recursos para a empresa e atuar nas necessidades específicas da demanda de produção.

Vantagens da Automação Industrial

Nos dias atuais, é fundamental adotar sistemas de automação industrial nos processos produtivos. Logo, a automação permite adotar práticas que aumentem a produtividade e também tragam benefícios como a economia no processo com mão de obra.

E para te ajudar a entender mais sobre o assunto, separamos algumas vantagens para você automatizar a sua produção. Confira!

Controle da produção

A utilização de equipamentos automatizados permite que o sistema produtivo seja mais rápido, consequentemente, gera maior lucratividade e oferece melhorias consideráveis para a empresa.

E a vantagem não acaba aí.

Os sistemas de automação industrial estão em constante evolução tecnológica. Assim, o controle de produção se torna cada vez mais simples e integrado, podendo ser controlado e operado por uma equipe reduzida.

Vantagem competitiva

Ao contar com um aumento de produção e diminuição dos erros, o resultado dos processos e a qualidade dos seus produtos tendem a melhorar, oferecendo assim uma vantagem competitiva para a sua empresa.

Afinal, o trabalho das máquinas permite reduzir os ciclos produtivos e fornecer mais capital para realizar investimentos de melhoria, além de economizar recursos importantes.

Precisão nas etapas

Além disso, a eficiência produtiva é evidenciada nos produtos. Os equipamentos tecnológicos permitem maior precisão nos ciclos de produção, gerando produtos com mais qualidade e que atendam às necessidades do consumidor.

Com a redução dos problemas de qualidade, a precisão na operação assegura um melhor controle da produção, evitando erros de processos e com o aumento da quantidade, percebe-se uma produção de qualidade.

Redução de custos

Outra vantagem da automação é a economia gerada por diversos fatores.

Afinal, a tecnologia alinhada com o equipamento ideal permite diminuir os custos com mão de obra para serviços repetitivos, aumenta a qualidade e precisão dos produtos e reduz os desperdícios dos materiais utilizados.

Segurança

A utilização de máquinas inteligentes também representa o aumento de segurança para dos colaboradores

Os equipamentos automatizados proporcionam maior segurança aos colaboradores durante os processos e operações.

Esses equipamentos são desenvolvidos em sua maioria em função de normas regulamentadoras.

Afinal, visam reduzir e eliminar possíveis riscos durante os processos que possam causar danos humano ou material. 

Além disso, para os sistemas de produção que trabalham com materiais perigosos, a automação também favorece a saúde e segurança dos funcionários ao evitar o contato humano com os produtos de risco.

Leia mais: O que é Manutenção Preventiva? 

Ferramentas da Automação Industrial

A automação é uma importante ferramenta para quem busca ampliar a sua produtividade.

Por isso, investir em uma máquina automatizada pode ser mais vantajoso para as produções de larga escala.

Afinal, em uma empresa de pequeno porte a automação pode não ser tão utilizada e acaba se tornando um desperdício.

Contudo, as ferramentas de automação industrial são eficientes para otimizar os mais diversos processos, beneficiando o trabalho da equipe de funcionários. 

E apostar nos dispositivos tecnológicos é sempre uma boa escolha.

Máquinas Automáticas

Ao substituir os trabalhos manuais por máquinas automáticas, a sua equipe de produção pode concentrar esforços em outras atividades que demandam menos mão de obra e mais atenção. 

Assim, com o equipamento correto, em pouco tempo, a estratégia pode se reverter em lucros, além de acelerar os processos.

Controladores Digitais

Os processos da sua produção podem ser melhor administrados através da ajuda de máquinas que controlam a operação.

Um exemplo prático dessa prática é evidenciada pela utilização dos Controladores Lógicos Programáveis, dispositivos digitais similares aos computadores. A diferença está na estrutura física, com hardwares e softwares dedicados à automação das indústrias.

Além disso, o dispositivo pode ser integrado em sistemas complexos, comunicando-se através de canais seriais. Isso permite que sejam monitorados por computadores, operando em uma rede de comunicação com um protocolo comum.

Portanto, permitem realizar o controle e também o suporte das operações, em especial aquelas produções de alto risco.

Leia mais: O que é um CLP? 

Internet das Coisas

Se você já ouviu falar da Internet das Coisas ou Internet of Things (IoT), sabe que o processo envolve conectar equipamentos a uma rede de internet para criar uma interação à distância.

Sua aplicação dentro de uma linha produtiva é importante para auxiliar nos processos, um exemplo disso são os beacons.

Esse dispositivo emite sinais via Bluetooth e possibilita vários níveis de interações, ajudando nas etapas de rastreamento acompanhamento das fases de produção.

E mais: a junção da automação industrial com esses beacons facilita a identificação de falhas rapidamente, permitindo o ajuste e correção dos problemas para evitar danos maiores.

Leia mais: O que é Indústria 4.0? 

Como a Automação ajuda a sua empresa?

Investir em equipamentos que podem ser inseridos na sua linha de produção ajuda a acelerar diversas etapas da empresa, equilibrando e padronizando as demandas.

Porém, antes de adquirir uma máquina é preciso compreender cada necessidade dos setores, avaliando analisando as opções para encontrar a que melhor se encaixa no seu orçamento.

Isso porque deve-se pensar em um equipamento não apenas para um setor, mas também de acordo com o perfil da empresa. Por isso, é importante considerar a demanda da produção, o espaço reservado e o tipo de produto desenvolvido.

Mas como um equipamento pode te ajudar a crescer e economizar?

Reduzindo os desperdícios

Há diversas máquinas que possibilitam a redução de matéria prima durante a produção de produtos alimentícios, como as dosadoras, envasadoras e empacotadoras. 

Além disso, em uma produção manual o controle da quantidade utilizada pode ser diferente do que a exigida pela lei ou aplicada em excesso, gerando desperdício e prejuízos.

Diminuindo mão de obra

Para sua empresa crescer e lucrar cada vez mais é preciso otimizar os processos, e com uma gestão mais enxuta é possível obter maior lucratividade.

Através da automação, é possível reduzir custos e desperdícios nos processos repetitivos não automatizados. Pois, os equipamentos realizam um trabalho automatizado, o que diminui a demanda de recurso humano.

Aumentando a produção

Automatizar a produção garante que a produtividade seja acelerada e o tempo de produção também é reduzido sem a perda de qualidade.

Logo, quanto mais rápida a produção, maior será a quantidade de produtos prontos para vender.

Melhorando a segurança

Com a implementação de equipamentos de automação, a segurança dos profissionais envolvidos nas operações é aumentada.

Afinal, os sistemas automáticos podem prever problemas operacionais e emitir alertas ao sistema de controle para os supervisores.

Dessa forma, as atividades podem ser monitoradas à distância e os riscos são avisados com antecedência.

Prevenindo riscos

Além disso, por se tratar de automação industrial é válido ressaltar um dos seus maiores benefícios: a redução de riscos de acidentes.

O risco de funcionários se acidentarem é minimizado com os sistemas de controle e dispositivos de segurança proporcionados pela automação. 

Para os equipamentos que são produzidos ou posteriormente adequados a NR 12, os requisitos de segurança são mais rigorosos. Esses equipamentos possuem dispositivos e ajustes com grau maior de segurança em relação aos que não contemplam a NR 12.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Atualmente, o setor industrial está incorporado em grande parte da sociedade, e é impossível imaginar como seria a vida sem este setor.

É importante ressaltar que podemos contar com um grande advento tecnológico: a Indústria 4.0. Assim, tecnologias como impressão 3D, big data, processamento em nuvem e inteligência artificial, são ferramentas que podem ser aplicadas para lidar com qualquer situação.

A 4ª Revolução Industrial diz respeito às máquinas que operam de maneira inteligente. Através da fusão entre o mundo físico e digital, as transformações tecnológicas estão forçando diversas organizações a repensarem seus processos.

Em comemoração ao Dia Nacional da Indústria, separamos algumas informações acerca do setor e a sua relação com a Indústria 4.0 ao transformar processos, aumentando a produtividade e capacidade produtiva.

História da Indústria no Brasil

A história da indústria brasileira é recente comparada à de outros países. Isso porque a maior parte das instalações industriais estão ligadas à manutenção, consolidação e integração dos setores.

Afinal, apenas nos anos 1990, o Brasil, ao notar o contexto industrial ao redor do mundo, decidiu adotar uma política de competitividade. E esse fator permitiu com que a economia brasileira aumentasse de maneira considerável.

Dessa forma, o dia 25 de maio é uma data importante, pois as homenagens são destinadas às indústrias, um setor conhecido por abranger os mais variados tipos de mercados.

Portanto, o Dia Nacional da Indústria foi escolhido em homenagem ao patrono da indústria nacional, Roberto Simonsen, que faleceu na data em 1948.

Simonsen foi engenheiro industrial, administrador, professor, historiador e político, além de membro da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Impacto da pandemia na Indústria

A crise exigiu mudanças rápidas para suportar o novo cenário sem uma reestruturação profunda. E como o avanço da tecnologia é inevitável, devemos sempre estar em constante aprendizado.

Por isso, vários empreendimentos precisaram se adaptar a essa realidade, em que as tecnologias da Indústria 4.0 são parte fundamental para caracterizar tudo o que há de moderno para produção dos bens de consumo, como automação, inteligência artificial e internet das coisas.

Assim, agilidade, escalabilidade e automação são algumas das palavras-chave da nova era de negócios.

Dessa forma, enquanto empresas lutavam para continuarem funcionando, seja por conta da falta de funcionários ou insumos, outras reestruturaram seus processos para acompanhar o aumento na demanda, como no caso de suprimentos médicos.

Portanto, devemos reavaliar e repensar nossos modos de consumo, fornecimento, interação e produtividade.

A modernização da Indústria Brasileira

O movimento de modernização está iniciando no Brasil. As empresas continuam associadas aos tradicionais modelos de produção, pouco sofisticados e dependentes de processos manuais.

Apesar disso, a pesquisa da Fiesp indica que o conhecimento das empresas de foco industrial sobre a indústria 4.0 está em crescente. Muitos gestores veem o conceito como uma oportunidade, e não risco.

Ou seja, a tendência é que a indústria 4.0 se inclua gradualmente nas empresas, conforme o preparo para investir e necessidade de inovar de cada um.

Segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a aderência à indústria 4.0 poderá acontecer de forma gradual, assim, estima-se que, em até 10 anos, 15% das empresas já tenham o conceito inserido em suas atividades.

Leia mais: A relação da automação com o aumento da margem de lucro

O que é Indústria 4.0?

A Indústria 4.0 é um conceito que leva inovação tecnológica para a produção.

Esse movimento permite controle da informação e automatização dos processos, que facilita o trabalho e acelera o ritmo produtivo.

Mas, apesar da ciência proporcionar benefícios, a internet e automação dos processos são o centro da nova indústria.

As máquinas estão mais informatizadas, permitindo um desempenho autônomo e com pouca influência humana.

Automação e Produtividade

Melhorar a produtividade é uma das grandes metas da indústria, independentemente da sua vertical e as cadeias de suprimentos precisam se reconfigurar em tempo real.

Assim, a combinação de recursos ideais definirá o sucesso das empresas, permitindo que a produção seja dimensionada conforme a demanda, através de análises que avaliem a necessidade de determinado produto e a disponibilidade de matéria-prima para sua fabricação.

Por isso, a Indústria 4.0 busca cada vez mais a manutenção baseada em plataformas inteligentes e integradas, analisando as informações sobre desempenho e confiabilidade enviadas por sensores para reduzir falhas ou paradas inesperadas.

Pensando nisso, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou uma pesquisa que comprova: empresas com tecnologias da indústria 4.0 estão mais preparadas.

Esse estudo utilizou dados de empresas que já adotaram tecnologias da Indústria 4.0 com aquelas que ainda relutam em adotar. Confira:

  • 54% das indústrias com tecnologias da Indústria 4.0 registraram um lucro igual ou superior antes da pandemia. O índice cai para 47% para quem não se adequou;
  • 30% das indústrias que adotaram tecnologias 4.0 aumentaram o quadro de funcionários, contra 22% das que não adotaram;
  • A lucratividade é maior em 29% das empresas indústrias que adotaram tecnologias da Indústria 4,0, caindo para 25% para aquelas que não adotaram nenhum recurso;
  • Entre aquelas que utilizam sistemas de conexão máquina-máquina e sensores, os percentuais são de 32% e 30%.
  • Por fim, a pesquisa revelou que as tecnologias da Indústria 4.0 que mais impactam positivamente na lucratividade das empresas são os sistemas de conexão máquina-máquina, sensores, big data e inteligência artificial.

Benefícios da Indústria 4.0

Os benefícios adquiridos com a implantação da Indústria 4.0 são diversos.

Afinal, o uso das tecnologias na indústria permitiu aumentar, em 22%, a capacidade produtiva de empresas dos variados segmentos.

Entretanto, muitos empreendedores acreditam que requer altos investimentos, em que somente grandes empresas possuem acesso ao modo de produção.

Por isso, antes de investir na modernização dos processos, é preciso um planejamento adequado com a realidade da sua empresa.

Dessa forma, poderá acarretar a redução dos custos, de forma gradual,  sem interferir no orçamento.

Leia mais: Você sabe o que é Indústria 4.0? 

Como se preparar para a nova Indústria?

A Indústria 4.0 está relacionada às inovações tecnológicas, tendências e maneiras de se integrarem.

Se você deseja preparar sua empresa para o futuro da Indústria 4.0, acompanhe nossas dicas:

  1. Avalie as necessidades da sua empresa

Você precisa fabricar mais produtos em menos tempo? Na era da Indústria 4.0, identificar áreas de melhoria é o primeiro passo para obter mais benefícios da revolução.

  1. Identifique o papel da automação

Se você faz parte de uma pequena empresa, provavelmente pensa que a Indústria 4.0 não atende às suas necessidades. Mas antes de rejeitar o conceito, considere os benefícios:

  • Computação e processos controlados;
  • Informações em tempo real sobre os estágios do desenvolvimento de produtos;
  • Otimização da operação.
  1. Eduque sua força de trabalho

Em todas as fases no processo de mudança, tenha certeza de que seus funcionários sejam instruídos das novas operações. Isso irá garantir uma transição suave, com menos estresse, reduzindo os erros.

Leia mais: Como a automação aumenta a produtividade da sua empresa?

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Ao falar sobre o futuro do mercado de trabalho, precisamos deixar algo claro: o futuro que tanto falamos é hoje. E com a nova pandemia de coronavírus muitas coisas foram aceleradas, grande parte delas no ambiente de trabalho.

Isso porque a covid-19 surgiu com muitas incertezas no quesito emprego, porém, algumas oportunidades foram aparecendo ao longo do tempo.

Afinal, experimentar, testar, errar e aprender fazem parte da jornada dos empreendedores que se arriscam em novas áreas em busca de outras fontes de renda que tragam mais segurança e estabilidade.

Um novo cenário

A pandemia trouxe mudanças significativas no mundo do trabalho, antecipando tendências que vinham sendo implantadas gradativamente, como o home office e a seleção de profissionais através do meio online.

Além disso, gerou um cenário em que os modelos de organização ágil assumem uma importância muito maior. Assim, as organizações perceberam a necessidade de desenvolver habilidades mais humanas, porque o que se move dentro dessas organizações são processos sociais e então a criatividade se torna a habilidade mais procurada por recrutadores.

Dessa forma, as mudanças das relações de trabalho envolvem configurações para priorizar a segurança e saúde dos funcionárioscritérios de contratação e novos métodos para medir a produção dos colaboradores.

Porém, no contexto de trabalho atual, as competências humanas são cada vez mais importantes e difíceis de encontrar. E entre as habilidades humanas mais buscadas, destacam-se a criatividade, a colaboração e a empatia.

Mudanças no Trabalho

Home Office

Entretanto, a grande mudança trazida pela Covid-19 foi a implantação do home office.

Afinal, com o isolamento, o trabalho remoto foi a melhor saída para continuar as atividades daqueles profissionais cujo emprego não exija presença física.

Apesar disso, a mudança trouxe desafios como: manter o mesmo número de horas trabalhadas e a produtividade sem supervisão direta; aumento de gastos com água, luz e internet em casa; assegurar a comunicação de forma virtual; além do equilíbrio do trabalho com a vida pessoal.

De acordo com Susan Hayter, consultora técnica na Organização Internacional do Trabalho, grandes empresas anunciaram que o trabalho remoto será o padrão adotado.

Para ela, a questão é como adaptar as práticas de trabalho e colher os benefícios do trabalho remoto sem perder o valor social e econômico do trabalho presencial.

Organização do trabalho

De acordo com Susan Hayter, em meio à desaceleração econômica causada pela pandemia e aumento das taxas de desemprego, a possibilidade de promover mudanças se mostrou uma importante ferramenta para frear os números em declínio.

E isso significou semanas de trabalho mais curtas ou acordos de trabalho para evitar folgas em períodos com menos funcionários, da mesma forma em que é reformulado o regime de expedientes para garantir o equilíbrio entre vida profissional e pessoal a longo prazo.

Novas culturas organizacionais

A cultura organizacional reúne os comportamentos, hábitos e valores que uma determinada empresa segue.

Além disso, esse conjunto é aplicado nas tomadas de decisão, relacionamento entre os colaboradores e em qualquer situação que envolva essa organização.

Por isso, a ideia é que todos continuem construindo esses códigos de conduta para que o ambiente se torne melhor.

Da mesma forma, a formalidade que existia em empresas, aos poucos, vem dando lugar a menos burocracias, de maior integração entre os trabalhadores, com valorização profissional e flexibilidade.

Mas esses benefícios vêm com responsabilidades, como discussões sobre diversidade e respeito com os colaboradores.

Demanda por qualificação

Cortes de gastos foram uma solução encontrada por muitas empresas para se manterem operantes durante a pandemia.

Mas, com a crescente do desemprego, a busca por qualificação nunca foi tão alta. Enquanto as organizações buscam pessoas que realmente façam a diferença em seu crescimento, os próprios colaboradores sentiram essa necessidade de desenvolvimento.

Com o tempo ganho com o home office, muitos profissionais se dedicaram à qualificação por conta própria. Por outro lado, os que já possuem um diploma de ensino superior buscaram especialização e atualização profissional.

Os cursos sobre finanças, saúde e segurança no trabalho, entraram no radar das pessoas.

Automação

Contudo, para recuperar a receita diante de um cenário de incerteza, a tecnologia se mostrou uma grande aliada para enfrentar esses desafios, ajudando as empresas a otimizar seus processos.

Dessa forma, para manter a qualidade e garantir a continuidade dos processos, investir em inovação e automação se tornou fundamental para fazer mais com menos tempo e recursos.

Isso porque a automação ajuda a reduzir a incidência de errosmelhorando os índices de qualidade. Desse modo, os processos se tornam mais otimizados e aumentam a produtividade.

Manutenção da produtividade

Muitas empresas que buscaram se adaptar ao trabalho remoto tiveram queda na capacidade produtiva. Mas, ao automatizar os processos, essa situação pode ser contornada.

Afinal, você pode automatizar tarefas que eram realizadas manualmente e gastavam muito tempo dos funcionários. Desse modo, os colaboradores podem focar em dar continuidade aos negócios, sem se preocupar com a execução.

Redução de gastos e desperdícios

Além disso, é importante reduzir gastos e eliminar desperdícios. Através da automação, você poderá realizar análises produtivas para identificar falhas, atrasos e pontos que precisam ser alterados.

Dessa forma, alguns equipamentos ajudam a gerenciar os processos internos, simplificando a elaboração de relatórios e reduzindo sobrecargas de trabalhos e custos com a mão de obra.

Leia mais: Como aumentar a produtividade da sua empresa?

Novos horizontes

Os desafios no ambiente de trabalho geraram muita preocupação, sobretudo em relação à instabilidade econômica e oferta de empregos.

Porém, as mudanças servem como oportunidades para repensarmos o modo como trabalhamos e o que valorizamos em nossos funcionários.

Por isso, a Cetro quer contribuir para o seu empoderamento, ajudando a se reinventar e seguir seus sonhos. Afinal, o processo de reinvenção é contínuo e futuro é um processo de aprendizagem que devemos seguir.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Nós sabemos que entregar e atingir bons resultados, no menor tempo possível, é um diferencial de mercado muito importante para qualquer empresa. E a melhor maneira para alcançar esse objetivo é através da automação, possibilitando processos rápidos, padronizados e econômicos, trazendo ganhos para seu empreendimento.

Por essa razão, entender como a automação pode aumentar a produtividade sem atrapalhar a qualidade de produção é a chave do sucesso para alavancar seu negócio.

E como a automação pode ajudar na produtividade? No artigo abaixo iremos responder essa e outras dúvidas acerca da automação na indústria.

O que é automação industrial?

A automação industrial é um processo importante para a produção, afinal, trata-se de um facilitador das atividades. Ao substituir um operador humano por uma máquina inteligente e programada para atuar de forma semelhante. O resultado é um trabalho rápido e padronizado, aumentando a produção.

Equipamentos como Dosadoras Empacotadoras geram maior economia ao separar, com maior exatidão, a quantidade do produto a ser embalado. Portanto, sua utilização com outros equipamentos como SeladorasDatadoresEnvasadoras e Paletizadoras, economizam também com a mão de obra, que é reduzida devido a utilização de máquinas automáticas.

E se você quiser saber como a automação pode te ajudar em momentos de crise, leia o nosso artigo sobre as linhas de produção.

Transformação Digital

A transformação digital é um processo no qual as empresas deixam de realizar atividades de forma manual para fazê-las de maneira automatizada. A aceleração da produção é uma forte vantagem para favorecer a competitividade do mercado, aumentando consideravelmente a qualidade de produção dos produtos.

Mas por que transformar minha empresa?

O primeiro passo visando o aumento da lucratividade industrial é reconhecer a necessidade de transformação digital da cadeia produtiva. Aderir às ferramentas tecnológicas é uma forma prática e eficaz para alcançar o menor tempo de produção.

Afinal, os equipamentos podem ser incluídos em diferentes etapas do processo, desde o início da produção até o envio do produto para o ponto de venda.

Por que automatizar a produção?

Dentro do cenário industrial, contar com maquinários automáticos é essencial para que se desenvolvam atividades seguras, em larga escala e de baixo custo.

Por isso, reflita quantos processos a sua empresa desenvolve e pergunte-se: As tarefas são tarefas repetitivas? Quanto tempo o processo demanda no dia? E no mês? E no ano?

É provável que o seu time esteja desperdiçando tempo (e também dinheiro) em atividades repetitivas que poderiam ser automatizadas. Então por que não utilizar equipamentos tecnológicos para otimizar os processos?

Aumento da produtividade

É muito comum algumas pessoas pensarem que a produtividade está ligada à capacidade de cada colaborador, de modo individual.

Porém, os processos repetitivos e mal elaborados, podem afetar o rendimento e travar a produtividade da sua equipe.

As tarefas operacionais, ao serem automatizadas, permitem que os colaboradores realizem funções que demandam maior esforço ou atenção, impactando na produtividade como um todo.

Contudo, vale ressaltar que o processo de automação deve ser feito do modo correto para evitar retrabalhos e a necessidade de interferência humana.

Mas vale lembrar que, acima de tudo, uma produção automatizada significa uma produção com velocidade.

Redução dos erros

Nós somos seres humanos e isso significa que estamos propensos a errar.

Por isso, uma ferramenta de automação poderá oferecer um sistema de qualidade para uma gestão excelente dos processos, com maior facilidade e menos interferência.

Portanto, quando não há erros na produção das tarefas, o fluxo do trabalho não é interrompido e até os atrasos deixam de existir.

Além disso, sem erros, a qualidade do produto ou serviço tende a ser melhor. Assim, com rapidez e praticidade, o seu relacionamento com os clientes ou fornecedores será melhor.

Leia mais: Como uma máquina pode agregar valor em sua produção?

https://youtube.com/watch?v=T4o-_IR1qGQ%3Ffeature%3Doembed

Automação na prática

Uma empresa automatizada é dividida em duas partes: o controle, responsabilidade humana, e o operacional, destinado aos equipamentos automáticos.

A principal vantagem de incluir esse maquinário no processo é garantir que a qualidade não será prejudicada pelo ritmo constante, tornando a produção padronizada. Além disso, os procedimentos de automação podem ser aplicados de diversas maneiras, desde pequenas etapas até uma linha de produção.

Outra grande preocupação de empresas é a segurança do operador no momento de manuseio. Da mesma forma, para obter maior sucesso de produção, é preciso garantir um padrão produtivo, de modo a evitar riscos aos colaboradores.

Como escolher o equipamento ideal?

Qualidade

A princípio a automação deve levar em conta o maquinário adequado para os processos e a qualidade do equipamento adquirido.

Por isso, optar por equipamentos de maior qualidade é importante para evitar problemas como paradas para manutenção, troca de peças e outros fatores que podem afetar a sua produção.

Automação

O benefício da automação industrial está ligado à redução de gastos tendo em vista a otimização da produção. Dessa forma, é possível atender altas demandas em um curto prazo de tempo para maior rentabilidade do negócio. Mas é preciso atenção ao optar por um equipamento que ajude a aumentar sua produtividade com maior economia de custos.

Um exemplo prático está no embalo manual de produtos, que pode minar a sua produtividade. Ao produzir menos, você pode perder vendas!

Para isso, investir em máquinas seladoras e de embalagem é uma boa solução. Caso trabalhe com líquidos pensar em envasadoras auxiliam no processo produtivo e permitem o aproveitamento da produção.

Dessa forma, é possível atender altas demandas em um curto prazo de tempo para maior rentabilidade do negócio. Mas é preciso atenção ao optar por um equipamento que ajude a aumentar sua produtividade com maior economia de custos.

Acima de tudo, os canais de atendimento da Cetro oferecem uma assessoria completa para ajudar na aquisição dos equipamentos ideias para sua produção e asseguram a alta produtividade.

Acompanhe o Blog da Cetro e garanta que o seu negócio tenha as melhores soluções para automatizar os seus processos.

Quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país? Acesse o nosso site e confira os itens que não podem faltar na sua produção.

Ter uma linha de produção completa, com autonomia e consequentemente alta produtividade pode te ajudar nos momentos de crise. Mas quais seriam estes benefícios?

Simples: além de permitir que você tenha um gasto consideravelmente menor com mão de obra, podendo reduzir em até 80% os custos mensais, uma linha de produção com máquinas versáteis pode garantir que você tenha capacidade de se adequar à demanda de um momento de crise, aumentando a intensidade de sua produção, ou diminuindo-a, de acordo com o necessário para a devida circunstância.

Outro ponto importante que uma linha de produção traz é a capacidade de adaptação a novos produtos. Em momentos difíceis, a adequação ao mercado é uma característica muito importante e normalmente separa as empresas que passarão pela crise das que dificilmente conseguirão seguir em frente. Grande parte dessa adequação pode acontecer com o lançamento de novos produtos pelas empresas, assim como vemos algumas grandes empresas hoje com a produção de máscaras e álcool gel.

Além disso, o aumento da produção através da automação dos processos te dá a capacidade de construir um estoque que garantirá pronta entrega para seus produtos por considerável tempo dentro da sua empresa, sem contar com a capacidade que a empresa terá de gerar facilmente um novo capital de giro, se necessário, podendo abaixar os preços dos produtos e abrir mão de uma parte do lucro, passando a ganhar na quantidade de vendas, já que os produtos podem ser entregues no momento da venda.

Como passar pela crise sem a automação?

Se você já produz em pequena e média escala, não é necessário que todos os seus processos estejam automatizados para passar pelos momentos de crise, mas um ponto importante citado nos parágrafos anteriores é a capacidade de adaptação às novas demandas.

Ouvir o que os seus clientes estão precisando naquele momento também faz com que eles se sintam atendidos e vejam em você ou no seu negócio mais do que uma compra e venda de produtos, mas uma parceria.

Nos dias de hoje, por exemplo, quem vende alimentos e produtos para casa e ainda não começou a fazer entregas, passará por dificuldades. Se você vendia na porta de eventos ou até mesmo dentro de grandes eventos, terá que se adaptar, seja mudando o seu produto, divulgando-o em novos meios ou o inserindo em aplicativos de entrega.

Passarei pela crise apenas com os cuidados com a minha empresa?

Não, é claro que em um momento de crise, alguns cuidados pessoais com gastos e desperdícios financeiros também são fundamentais, assim como com a sua saúde física e emocional. Reduzir gastos desnecessários, manter a tranquilidade, uma rotina de exercícios físicos e atividades que te ajudem a se manter útil e criativo são de extrema importância.

Se você quer saber tudo sobre como a automação pode te ajudar, ou melhorar o seu negócio, seja ele pequeno, médio ou grande, confira todas as dicas no Blog da Cetro.

Muito se sabe que em épocas de controle de epidemias o assunto higiene e cuidados pessoais vem mais à tona, e junto a ele, a utilização de produtos que facilitam e são os responsáveis por essa higiene também cresce. O álcool em gel, por exemplo, já acabou em muitas lojas, farmácias e mercados e por isso, crescem na internet receitas caseiras, métodos não convencionais e a indicação de produtos que na verdade não são indicados para a higiene pessoal.

Mas no que acreditar nessas horas, será que tudo isso é apenas uma invenção para vender esses produtos?

A resposta é não. A higiene pessoal e a utilização desses produtos são coisas normais e deveria ser comum todos os dias, mesmo fora da época de pandemia. A gripes normais e resfriados também são vírus e muito provavelmente são adquiridos da mesma forma que o tão temido corona, ou seja, através do ar. Essas gripes e resfriados do dia-a-dia, são conhecidas pelos médicos e especialistas como viroses, e elas, muito provavelmente, podem ser evitadas assim como o Corona, com cuidados com a higiene pessoal e com possíveis áreas por onde o vírus passou, bem como evitar locais onde há acumulo de pessoas.

Por que o álcool precisa ser 70%?

O álcool 70%, como o próprio nome já diz, possui 70% de sua massa formada por álcool e o restante em agua. Essa concentração é necessária porque a composição age em conjunto dentro do organismo do vírus, de forma que a água aja como a porta de entrada para o álcool, que desnatura as proteínas do organismo, desta forma, o vírus bactéria ou fungo é neutralizado muito mais rapidamente. Além disso, os 30% de água na formula faz com que quando o gel entre em contato com a pele, não evapore tão rapidamente.

Os produtos caseiros funcionam?

Depende! Você tem que tomar muito cuidado ao fazer receitas lidas na internet, prefira sempre aquela receita de uma fonte que você confia, ou de quem se diz especialista da área. As receitas caseiras não possuem elementos importantes que estão presentes nos industrializados ou manipulados e muitas vezes não garantem eficácia alguma.

Além disso, muitas receitas caseiras trazem alguns tipos de produto que podem ser prejudiciais à saúde, principalmente a da pele, produtos ácidos como o vinagre, se forem submetidos à luz do sol, podem acabar queimando qualquer área que teve contato com ele. O vinagre também não tem a capacidade de impedir a proliferação dos vírus como o álcool gel, já que ele só possui 5% de ácido acético, que faria o papel do álcool, em sua composição, o que não é, nem de longe, a quantidade necessária.

Mas se não tem nas lojas, como faço?

Os produtos não estão em plena falta. É possível achar o álcool em gel, desinfetantes para a limpeza diária, e outros produtos para a casa nos mercados e vendas. É claro que em muito menos quantidade se comparado a épocas fora da pandemia, portanto, quando encontrar o produto desejado, compre e utilize-o sempre que necessário, mas seja moderado. Além disso, nada substitui bons hábitos de higiene, lavar as mãos em toda sua extensão e pelo tempo recomendado, que normalmente é de 20 segundos.

Onde e como o álcool gel é feito?

O álcool gel pode ser feito em qualquer farmácia de manipulação, ou até mesmo em casa, mas com os produtos necessários: o Carbopol 940 (10g), a Trietalonamina AMP 2000 (10 gotas), o álcool 96% unido a 30% de água (totalizando 1L), ou apenas o álcool 70% (1L).

Para fazer, basta unir primeiramente o carboprol a mistura de água e álcool e esperar a hidratação por 24 horas, quando estiver hidratado, adicionar o AMP 2000 e misturar, até que a combinação de componentes vire uma mistura cremosa e transparente, chegando em seu ph ideal que é de 5,5. A partir daí, basta envasar este álcool em frascos adequados ou em embalagens de refil para os recipientes de parede.

O envase é um dos momentos mais importantes da fabricação. Neste momento, é necessário extremo cuidado e higiene, por isso, empresas deste ramo utilizam, sempre, máquinas produzidas em aço inoxidável e de fácil limpeza para que não exista o risco do acúmulo de impurezas e de corrosão.

Fique ligado no Blog da Cetro e não perca nenhuma dica para o seu dia a dia, ou para o dia a dia da sua empresa, seja para aumentar a sua produtividade ou para você ter uma vida melhor.

As empacotadoras são indispensáveis para empresas que trabalham com inúmeros produtos do ramo alimentício, visto que elas proporcionam inúmeras vantagens, como praticidade, aumento de produção e segurança alimentar.

Para entender mais sobre o assunto e conferir a importância de ter uma máquina dessas em seu empreendimento, não deixe de ler este artigo até o final.

Grãos e Pós

Os grãos estão dentre os alimentos mais consumidos pelos brasileiros e são essenciais para uma dieta balanceada. Portanto, preservar a qualidade e garantir a segurança alimentar na hora de embalar é um processo importantíssimo.

Além disso, investir em uma empacotadora de grão agiliza e automatiza o processo de embalagem de alimentos, já que essas máquinas são desenvolvidas para dosar, selar, cortar e datar produtos, de forma automática e contínua.

Desta forma, a produção se torna muito mais rápida e altamente produtiva, como também evita os riscos de contaminação — que são mais elevados quando o processo é feito manualmente.

Utilizar uma empacotadora de grãos permite que você padronize seus produtos, além de oferecer uma mercadoria com um aspecto mais profissional. Também vale ressaltar que esse equipamento é versátil, você pode escolher os tamanhos e os tipos da embalagem que pretende trabalhar.

Líquidos e Pastosos

As empacotadoras de líquidos e pastosos são máquinas que fazem embalagens que todos conhecem, e podem ser de alguns tipos: máquinas empacotadoras de sachês que fazem embalagens do tipo de catchup, mostarda e molhos em geral; e maquinas empacotadoras de líquidos que fazem embalagens como as de polpa de frutas e de leite em saquinhos. Esses equipamentos têm o seu funcionamento, bem parecido com uma empacotadora para produtos secos.

Como usar?

A Empacotadora é bastante simples de utilizar, já que seu manuseio é prático e possui um painel de fácil entendimento para controlar e gerenciar a produção. Além disso, ela sozinha é capaz de quadruplicar a produtividade do embalo de produtos.

Os alimentos passam por um funil para ser embalados, depois é feita a distribuição do produto para a embalagem conforme a dosagem indicada. Todo o processo é automatizado, basta alimentar o funil com o produto, que a máquina embala, dosa, corta, sela e data a embalagem.

Vantagens das Empacotadoras

  1. Evita desperdício de embalagens;
  2. Personalização das embalagens;
  3. Maior segurança no embalo;
  4. Praticidade e simples manuseio;
  5. Alta produtividade, pois permite o trabalho contínuo;
  6. Mantêm a qualidade do produto;
  7. Protege os alimentos do contato com o ar e microrganismo;
  8. Facilita o transporte dos alimentos embalados.

Agora que você conhece a importância das empacotadoras, aproveite para conferir nosso site.

Como as empacotadoras podem significar lucro máximo?

O início da automação dos processos de uma linha de produção pode significar ganho em desempenho e produtividade, isso significa que a medida que os processos começam a ser automatizados, a margem de lucro em parâmetros gerais é otimizada.

Mas como iniciar a automação dos processos sem gastar muito?

A maneira mais simples para o início da automação é a aquisição de um equipamento capaz de unir alguns processos. Uma empacotadora automática é um exemplo de união de processos.

Os Processos

Com uma empacotadora, 3 processos são feitos de forma contínua: a dosagem de produto, o envase ou a formação dos pacotes e a selagem da embalagem, além disso, com as empacotadoras, existe a possibilidade de datar e cortar as embalagens no tamanho exato do seu design, bastando acrescentar ao equipamento um datador e um leitor de fotocélula, que é o responsável pela leitura de embalagens com demarcações, não permitindo o corte das mesmas em outro tamanho senão o correto.

O Custo x Benefício

É ponto pacífico que os processos de automação não impliquem num valor de investimento que comprometa a empresa financeiramente. Máquinas com o melhor custo x benefício são as mais procuradas, pois unem processos e otimizam a produção,  dessa forma elas proporcionam um aumento de competitividade para as empresas e junto a isso, os equipamentos como os descritos nesse artigo possuem a capacidade de aumentar em até 10 vezes a quantidade de produto finalizado e pronto para entrega, em apenas um dia.

Qual a melhor opção?

A melhor opção deve ser detectada a partir de três principais fatores, são eles:

  1. O tamanho da linha de produção;
  2. O tipo de produto que será embalado;
  3. O tipo de embalagem que será utilizada.

Ou seja, quando se tem uma linha de produção que produz em larga escala, é necessário entender que a margem de investimento pode ser maior, porque o equipamento adquirido deve dar conta de produzir um número maior de embalagens. Quando existe a produção de um número menor de embalagens é preciso ter em mente que sempre existirá o desejo de crescimento, dessa forma é importante que não seja adquirido um equipamento que seja utilizado em sua capacidade máxima. Equipamentos que dão margem ao crescimento podem ser mais eficazes.

Se o produto a ser embalado é alimentício e não será embalado a vácuo, as empacotadoras são uma ótima saída. Se forem embalados a vácuo, máquinas como dosadoras e seladoras a vácuo de câmara são de extrema importância para o ganho em produtividade. Se os produtos forem alimentícios e de origem animal, uma seladora a vácuo de dupla câmara é extrema eficácia e importância.

Uma empacotadora de líquidos é completamente eficaz, para uma produção de leite, de sucos ou de polpa de frutas. As empacotadoras automáticas são capazes de fazer todo o processo produtivo com produtos em grão ou em pó.

Veja também mais artigos como este em nosso blog e mantenha-se informado. Visite as nossas lojas físicas ou nossa loja virtual e fale com os nossos vendedores.