Todos sabem quem é, mas poucos conhecem de verdade o homem com ideias de outro planeta, literalmente; conheça um pouco mais sobre a figura atípica de Elon Musk

Se você não estiver em marte, provavelmente já ouviu falar de Elon Musk, o homem que, na realidade, gostaria que em breve eu, você e muitos outros seres-humanos pudessem aterrissar no planeta vermelho.

Elon Reeve Musk, o homem mais rico do mundo na atualidade, a frente apenas de Jeff Bezos, é conhecido não apenas pela sua fortuna bilionária avaliada, hoje, em US$282 bilhões (em dólar), mas também pelas suas inúmeras empresas de tecnologia ultramodernas, como a OpenAI, Neuralink, The Boring Company, Solar City, PayPal, assim como as mais conhecidas SpaceX e Tesla, Inc.

O empreendedor e filantropo sul-africano, naturalizado canadense e americano vem fazendo sucesso no mundo desde os anos 80, quando embarcou no mundo dos negócios com apenas 11 anos. Nascido em Pretória na região de Transvaal, na África do Sul, é filho da modelo e nutricionista canadense Maye Musk e do engenheiro eletromecânico, piloto, marinheiro, consultor e promotor imobiliário sul-africano Errol Musk.

Elon Musk no Met Gala 2022

Junto a seus irmãos Kimbal e Tosca, teve uma vida um tanto quanto luxuosa graças a fortuna de seu pai quando foi proprietário de uma mina de esmeraldas na Zâmbia. Leitor e autodidata, aprendeu linguagem de programação aos 11 anos, quando vendeu um código de um jogo de vídeo game chamado Blastar, baseado na linguagem BASIC, por 500 dólares. Basicamente, Musk daria indícios de como ser um grande empreendedor.

Três anos após ser aceito na Queen’s University em Ontário, no Canadá, transferiu-se em 1992 para Universidade da Pensilvânia nos EUA e obteve seu bacharelado em física. Elon também é formado em economia pela Wharton School of Business e, em 1995, já na Califórnia, deixou o programa de doutorado em física aplicada e ciências dos materiais na Universidade de Stamford para seguir sua futura carreira empresarial.

Os passos de Elon Musk para o sucesso empresarial começam quando, na Califórnia, junto a seu irmão Kimbal Musk e seu amigo Greg Kouri fundam a Global Link Information Network, posteriormente chamada de Zip2.

Zip2

Basicamente, a Zip2 fornecia presença na internet à empresas locais, associando seus serviços a pesquisadores e futuros clientes e destinando orientações. Ela permitia a comunicação bidirecional entre usuários e corporações, onde os anunciantes podiam receber mensagens dos usuários e direcioná-las para a máquina de fax.

Após receber um investimento de US$ 3 milhões e passar a vender pacotes de software back-end nacionais para jornais com o intuito de construírem seus próprios diretórios, a empresa fechou acordos com gigantes com o The New York Times, Knight Riders e Hearst Corporation. Em 1999 Musk e seus sócios venderam a empresa para a Compaq Computer por US$ 305 milhões.

X.com/PayPal

No mesmo ano, Elon Musk usou 10 milhões da venda da Zip2 e co-fundou a X.com, empresa com foco em pagamento de serviços financeiro online com serviço de transferência que após 2 anos ficou conhecida internacionalmente como ‘PayPal’ e teve seus serviços alavancados após milhares de usuários receberem dinheiro para utilizarem na plataforma.

Após desentendimentos com líderes de outras empresas, Elon foi expulso, ainda em 2000, do seu cargo de CEO, possuindo 11,7% de ações da empresa, sendo, então, o maior acionista.

A gigante plataforma de vendas eBay acabou adquirindo a PayPal por US$ 1,5 bilhão e Elon Musk recebeu nada mais nada menos que US$ 165 milhões. Alguns anos depois, em 2017 o bilionário comprou o domínio da X.com por se tratar de um “grande valor sentimental”.

SpaceX

Talvez o seu projeto mais ambicioso já porto em prática, a Space Exploration Technologies ou SpaceX, fundada em 2002, desenvolve, aprimora e constrói veículos espaciais focando em tecnologia avançada de foguetes. Falcon 1 e Falcon 9 são os primeiros veículos de lançamentos de foguetes da companhia, além de uma nave espacial denominada Dragon. Em 2008, o Falcon 1 colocou um satélite na órbita terrestre, evento pioneiro se tratando de um financiamento privado.

Mas Musk fez mais, 4 anos depois a nave espacial Dragon ancorou à EEI (Estação Espacial Internacional) marcando a empresa do sul-africano na história. A partir daí, Elon Musk conspirou ideias de colonização de Marte com a possibilidade de uma futura catástrofe do planeta Terra.

Mais tarde, entrou novamente para a história ao enviar quatro “pessoas comuns” à orbita da Terra como uma espécie de “turismo espacial”, tornando cada vez mais próximo sua ideia de colonização e turismo.

Tesla, Inc.

O ano era 2003 e o mundo dos automóveis ganhava mais um concorrente, dessa vez os engenheiros Martin Eberhand e Marc Tarpenning em San Carlos, na Califórnia fundavam a conhecida Tesla Motors, Inc., empresa automotiva e de armazenamento de energia, desenvolvendo, produzindo e vendendo carros elétricos de altíssimo desempenho.

Claro, em algum momento Elon Musk surge tomando posse, e é exatamente após liderar a Série A de investimentos, após o financiamento inicial dos engenheiros. Musk então torna-se presidente da gigante dos carros elétricos em 2004, tendo como objetivo principal a comercialização de carros tradicionais movidos a eletricidade.

Elon Musk estaria determinado a dar fim aos motores a combustão e diminuir os efeitos do aquecimento global gradativamente. Com ultramodernidade e sem agressão ao meio ambiente, mais a tarde a já mundialmente conhecida Tesla Inc., optou por introduzir hardwares necessários para que o condutor não precisasse tocar no volante.

Model S produzido pela Tesla e lançado nos EUA em 2012

Após lançamentos, como o Tesla Roadster, Model S, Model X, Model 3, entre outros, em 2017 a montadora se tornou a mais valiosa dos Estados Unidos, desbancando grandes marcas, como a General Motors, Ford e Dodge.

Com o sucesso crescente e sua mente brilhante, a marca Tesla Inc. possui fábricas em Nevada, Nova York, Xangai e Berlim, sendo avaliada, hoje, em US$ 834 bilhões. De fato, Elon Musk é determinado em tocar em tudo que em algum momento virará ouro, mas, talvez, apenas após o seu toque.

Quase Falência

Antes de todo esse sucesso da SpaceX, Musk passava pelo momento mais conturbado da sua vida. Em meio a crise de 2008, com derretimento da bolsa de valores e o fim do seu casamento com sua primeira esposa, Justine Musk, Elon teria US$ 90 milhões em caixa, após um investimento mal sucedido de outros US$ 90 milhões em suas empresas, Tesla, SpaceX e SolarCity. Para lançar seu primeiro foguete ao espaço teria três tentativas que custariam todo o seu dinheiro.

Decidido, o bilionário investiu tudo que restava em suas empresas para que não houvesse falência e passou a depender de amigos para que pudesse pagar o aluguel de sua casa. As tentativas de lançamento falharam uma após a outra deixando a empresa a beira da falência.

Com algumas dezenas de milhões em caixa, Elon Musk decidiu novamente dividir o dinheiro entre a Tesla e SpaceX, mesmo com a possibilidade de perder as duas corporações juntas.

Sem formação em engenharia espacial e sem apoio de engenheiros especialistas em foguetes, ele teve que buscar o sucesso aeroespacial através de estudos e pesquisas, aprendendo sozinho sobre algo extremamente complexo. Como outras pessoas não especialistas, Elon não sabia muito sobre foguetes e, muito menos, sobre como construir um.

Apesar do momento difícil, após milhares de horas de estudo, o quarto lançamento foi um sucesso e talvez o plot twist de sua vida, contornando toda a fase ruim do empresário, com comemoração da equipe e o alívio de saber que não teria mais condições para um quinta tentativa.

SolarCity

A SolarCity, empresa de comercialização, fabricação e instalação de painéis solares comerciais e residenciais, era a segunda maior fornecedora de sistemas de energia solar dos EUA, então adquirida pela Tesla em 2016, agora subsidiária integral da empresa.

A intenção da SolarCity inicialmente era ajudar a combater o aquecimento global. Pode não parecer, mas Elon não se preocupa tanto em ganhar mais dinheiro, ele tende a usar sua mente brilhante para sonhar alto com tecnologias ultramodernas e torná-las acessíveis para a humanidade, como o caso da Neuralink.

Neuralink

Unir inteligência artificial de máquinas ao cérebro humano e permitir que os avanços tecnológicos estejam implantados ao nosso intelecto para criar interfaces mente-computador. Basicamente, este desafio vem sendo estudado pela Neuralink desde 2016 tendo Musk como co-fundador.

Em 2017, em uma matéria para a revista Rolling Stones intitulada “Elon Musk: The Architect of Tomorrow”, ele diz que: “As máquinas não podem nos surpreender se tivermos tudo o que as máquinas têm mais tudo o que temos. Pelo menos, isso é, se você admitir que o que temos é realmente uma vantagem”.

Claro, Musk tem ideias além de uma forma de implantar tecnologia artificial ao cérebro humano, que por si só já parece ser algo fora da realidade. A empresa pretente, futuramente, elaborar dispositivos para tratamento de doenças cerebrais graves, criando expectativas de um dia alcançar o aperfeiçoamento humano.

The Boring Company

Cansado de ficar preso em trânsitos, Elon Musk decidiu criar uma companhia de infraestrutura e construção de túneis em 2016. Inicialmente esta ideia foi citada por ele na rede social Twitter, onde citou as dificuldades da atual rede de transportes da cidade. Assim nasceu a The Boring Company.

O empresário relatou em 2017 que a primeira rota idealizada pela companhia será do Aeroporto Internacional de Los Angeles à Westwood, um bairro da cidade. Hoje, o trajeto pode durar até 45 minutos.

Viagens assim terão como transportes carros em trenós elétricos que poderão alcançar até 200 km/h através dos túneis. Recentemente anunciou um acordo para adquirir o Twitter por US$ 44 bilhões tornando-se a maior negociação envolvendo uma rede social.

Outras atividades, como a Hyperloop, projeto de transporte de pessoas e cargas livres de resistência do ar ou atrito em alta velocidade com extrema redução de tempo e a OpenAI, empresa de desenvolvimento de inteligência artificial benéfica e segura para a humanidade, sem fins lucrativos, a fim de neutralizar a concentração de poder sem gerar monopólios de grandes corporações dedicadas aos lucros, são mais alguns projetos que tendem a crescer e modernizar cada vez mais o planeta Terra como um todo.

Elon Musk é, de fato, um dos homens mais influentes do mundo. Apesar de multibilionário com ideias para lá de surpreendentes, ele defende causas impactantes no mundo e que são pautas diárias da sociedade, como meio ambiente, ciência, medicina e acesso comum de tecnologias a pessoas que precisam.

Parece ser com sua humildade e extravagância de personalidade rara, conhecer os caminhos do verdadeiro sucesso, sendo uma inspiração para qualquer um com a intenção de mostrar ao mundo para o que veio.

O Dia Nacional da Indústria Farmacêutica é celebrado anualmente no primeiro dia de agosto. 

Por isso, como uma forma de homenagear um setor fundamental para o crescimento econômico de diversos países, separamos algumas informações acerca do panorama fármaco atual.

Afinal, em 2019, o mercado farmacêutico no Brasil cresceu em torno de 53% e um fator importante para esse crescimento variou entre a oferta de novos tratamentos e o envelhecimento da população.

Isso porque, até 2060, os idosos devem compor cerca 1/4 da população, conforme os estudos realizados pelo IBGE.

Dessa forma, com inversão da pirâmide etária, o crescimento do mercado farmacêutico no Brasil é iminente e algumas estimativas colocam o Brasil como 5º maior mercado farmacêutico mundial em 2023.  

Acompanhe o nosso artigo e confira as expectativas de crescimento para esse mercado.

O mercado farmacêutico brasileiro

Atualmente, o maior mercado farmacêutico do mundo é o norte-americano.

A classificação de um país é definida de acordo com o percentual de faturamento comparado ao dos Estados Unidos. 

Por exemplo, o mercado farmacêutico brasileiro representa 7% do faturamento dos EUA, portanto, ocupa a 7ª posição no ranking farmacêutico mundial.

Apesar do crescimento recente, o Brasil se destaca no panorama mundial farmacêutico, ocupando entre a 6ª e 7ª posição. 

Porém, estima-se que o país alcance a 5ª posição em 2023. 

Como já dito, o mercado farmacêutico vem crescendo desde 2019, quando ultrapassou a marca de mais de R$100 bilhões em vendas.

E mais: esse número representa um crescimento de 11% em comparação com as vendas de 2018.

Contudo, o aumento mais significativo ocorreu no mercado institucional, que é formado por clínicas, hospitais e o próprio governo. 

Afinal, o setor cresceu quase 58% desde 2015, impulsionado pela inovação em medicamentos, em especial, os indicados para o tratamento de doenças complexas ou raras e problemas degenerativos.

Entretanto, no varejo farmacêutico, em que 75% das vendas são realizadas pelo público final, esse aumento foi superior a 53% nos últimos anos. O aumento foi justificado por diversas variáveis, como o envelhecimento da população brasileira e a oferta de novos tratamentos.

A pandemia do Coronavírus

Apesar de ser esperado, o mercado teve um crescimento durante a pandemia do novo coronavírus ao redor do mundo.

A indústria farmacêutica brasileira vinha apresentando uma taxa média de crescimento de 11,5% ao ano em 2019. 

No entanto, conforme apontado pelo Guia Interfarma 2020, o crescimento alcançou R$69 bilhões em vendas no varejo farmacêutico.

Por outro lado, o mercado institucional alcançou mais de R$33 bilhões, possibilitando um crescimento de 57%.

Conforme os dados da IQVIA, multinacional que audita o setor, o mercado obteve um total de R$190 bilhões em vendas no Brasil.

Desse total, cerca de R$140 bilhões correspondem às vendas do varejo e R$50 bilhões às institucionais. 

Dessa forma, o crescimento médio mensal do varejo farmacêutico foi de 15,4% em comparação ao mesmo período em 2019.

Apesar disso, a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa afirma que há uma demanda reprimida por medicamentos no Brasil.

A demanda, estimada em 50%, poderia ser suprida caso o país tivesse melhor acesso aos medicamentos por parte da população.

Recursos financeiros oferecidos pelo Governo

Você sabia que os recursos financeiros públicos devem ser ajustados e apresentados por meio de Projeto de Lei, que passa por votação no Congresso Nacional? 

Assim, quando aprovado, se torna a Lei Orçamentária Anual. Isso estabelece o valor destinado para projetos e programas do governo voltados para a saúde, educação, segurança, transporte e outras áreas. 

Portanto, o orçamento previsto para 2020 pelo Ministério da Saúde foi de R$ 148 bilhões e, para a Assistência Farmacêutica, que prevê a compra de medicamentos, foi mais de R$ 19 bilhões. 

Mas, em função da pandemia da Covid-19, o governo suplementou o orçamento em R$ 41,2 bilhões para enfrentamento da pandemia.

Desse modo, comparado a 2012, os recursos destinados registraram um crescimento de até 86%. 

No caso da Assistência Farmacêutica, o aumento acontece por razões como:

  • Envelhecimento da população: aumento do risco para doenças crônicas, que requerem uso contínuo de medicamentos, e doenças complexas, como câncer e problemas degenerativos, que implicam em tratamentos de alto custo.
  • Alta demanda do Programa Farmácia Popular: fornecimento de medicamentos com subsídio total ou de até 90% para o tratamento de doenças prevalentes, como diabetes, hipertensão e asma. 

Inovação que também transforma países

Outro fator importante dentro de qualquer mercado é a inovação.

Segundo o Global Innovation Index de 2019, o Brasil ocupa a 66ª posição no ranking mundial de inovação.

Portanto, quanto mais se incentiva a inovação e a descoberta de novos conhecimentos, o país se torna mais atrativo para receber investimentos, possibilitando maior desenvolvimento da sociedade e melhores condições à população. 

E a pandemia do coronavírus mostrou a importância de se ter uma economia fortalecida. 

Afinal, na área da saúde, os investimentos em ciência e tecnologia são cada vez mais fundamentais para auxiliar nas pesquisas de novos tratamentos e de vacinas.

O que esperar desse mercado ainda em 2021?

Sabemos que com a pandemia do novo coronavírus, muitos mercados se viram afetados. Porém, mesmo com as dificuldades, a indústria farmacêutica cresceu em 2020.

Entre janeiro e outubro de 2020, o setor obteve um crescimento de 13,6%, conforme dados da IQVIA.

E o resultado? As vendas e crescimento foram consideráveis em produtos, como: Antidepressivos, suplementos, vitaminas, relaxantes, produtos de beleza, nutrição e higiene.

Contudo, o aumento na venda desses itens se justifica pela situação causada pela pandemia. 

Por isso, a expectativa para 2021 é que o mercado farmacêutico continue a crescer. 

Além disso, com as medidas que o governo adotou e pretende adotar, podem beneficiar ainda mais o crescimento do setor. Algumas das medidas são:

  • Controle da taxa de desemprego;
  • Redução dos gastos públicos;
  • Diminuição dos juros;
  • Privatização de estatais;
  • Reforma da previdência;
  • Reforma tributária e trabalhista.

Crescimento otimizado

A indústria farmacêutica cresceu ainda mais no último ano e as expectativas seguem animadoras para 2021. 

Mas, para otimizar o crescimento, a aposta é melhorar o sistema de gestão visando a otimização dos resultados. 

Dessa forma, é possível aumentar o crescimento, mesmo diante dos desafios atuais. 

Além disso, aumentar a acessibilidade a medicamentos também beneficia não somente o mercado, mas também os consumidores. Afinal, a previsão é que o mercado farmacêutico no Brasil cresça 10,3% até o final de 2021.

Por isso, é importante contar com uma empresa parceira para evitar riscos desnecessários. Com a ajuda adequada e alinhada ao seu negócio, é possível crescer com segurança nesse setor.

O papel da Cetro no crescimento da Indústria Farmacêutica

Encapsuladoras

A Linha de Encapsuladoras da Cetro conta com modelos automáticos e semiautomáticos, que se adaptam de acordo com o tipo de produção de cada negócio.

Os equipamentos dosam diferentes quantidades e podem ser personalizados de acordo com a necessidade.

Além disso, são confeccionadas em aço inox, que evita a oxidação e atende aos requisitos de higiene e durabilidade, tornando-as compatíveis com qualquer ambiente de trabalho.

As Encapsuladoras da Cetro são compactas, com design avançado e atendem às indústrias farmacêuticas, universidades e inúmeros nichos do ramo da saúde que trabalham com cápsulas.

Contadoras e Dosadoras de Cápsulas

A Linha de Contadoras e Dosadoras de Cápsulas da Cetro possui máquinas inteligentes que contam a quantidade exata de cápsulas e as envasa em um frasco ou recipiente.

Por isso, são os equipamentos ideais para aumentar o seu índice produtivo e qualidade da produção através de um envase automático ou semiautomático dos produtos. 

Além disso, os modelos são capazes de contar e envasar diferentes tipos de produtos. Podem atender a diferentes setores, garantindo que os processos sejam otimizados e de alta produtividade.

Prensa de Comprimidos

A Prensa de Comprimidos da Cetro é ideal para prensar pó e resultar em comprimidos redondos.

Dessa forma, a operação do equipamento é automática e contínua para compactar a matéria-prima com precisão. 

Além disso, os índices de produtividade e desempenho da máquina são elevados.

Seu processo potente de alta pressão conta com ajustes contínuos do volume de preenchimento de material, o que proporciona comprimidos com espessuras diferenciadas.

Polidora de Cápsulas

A Polidora de Cápsulas da Cetro é o equipamento ideal para remover sujeira, poeira ou energia estática da superfície das cápsulas. 

Além disso, é um equipamento de fácil montagem e desmontagem, o que também facilita a sua limpeza e consequentemente, a qualidade dos seus processos.

Dessa forma, é uma máquina que funciona de forma completamente automática, retirando qualquer tipo de sujeira de até 150 mil cápsulas por hora.

Elevadores e Alimentadores

O Elevador e Alimentador da Cetro é extremamente produtivo e robusto, com capacidade de elevar até 45 mil cápsulas por hora.

Por isso, é o equipamento perfeito para utilização em conjunto com as máquinas da Linha de Encapsuladoras da Cetro.

Todas as partes da máquina que entram em contato com as cápsulas são produzidas em aço inoxidável, gerando mais segurança e higiene aos processos e ao produto final.

Termoformadoras de Blister

A Linha de Termoformadoras Blister da Cetro conta com equipamentos compactos e de fácil operação, que realizam cartelas de comprimidos e cápsulas no modelo blister.

Além disso, os modelos oferecem automação e altos índices produtivos e otimizam completamente a sua produção.

Afinal, contam e separam as cápsulas, moldam as cartelas e selam o alumínio.

Mas, vale ressaltar que os modelos podem ter seus moldes personalizados e trocados rapidamente para outro tamanho de cápsula ou comprimido, assim como a disposição deles na cartela. 

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

*Artigo baseado no Guia Interfarma 2020 

A INTERFARMA é a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, uma entidade setorial, sem fins lucrativos, que representa 51 associadas, empresas e pesquisadores que buscam promover e incentivar a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação voltada para a produção de insumos farmacêuticos, matérias-primas, medicamentos e produtos para a saúde humana. 

Conheça a nova Cetro!

Toda marca, com o passar dos anos, sofre mudanças e evoluções, tanto na sua história como no seu visual. 

Com a Cetro não foi diferente. 

Notamos uma necessidade de evidenciar toda a transformação que ocorreu e continua ocorrendo dentro da nossa empresa.

Mas nós evoluímos internamente, crescemos nos últimos anos e, claramente, isto refletiu na imagem que passamos para o mercado.

E nós queremos mais!

A história da Cetro

A Cetro é uma empresa inovadora que tem DNA jovem e empreendedor. 

Especializada em oferecer soluções personalizadas no setor de máquinas para embalar, acreditamos no mercado e no empreendedorismo brasileiro. 

Assim, temos uma inquietação constante na busca por inovação e tecnologia, sendo isso o que nos move. 

Entramos no mercado para oferecer máquinas para embalagens de alta qualidade.

São equipamentos de fácil uso e para diversos tipos de segmentos, desde equipamentos para o uso doméstico, comercial e  industrial para produções em grande escala. 

Quando o assunto é produtividade e inovação, a Cetro dispara. 

Hoje já somos referência nos equipamentos da linha de Fármacos em todo território nacional, visando atender outros nichos de mercado e fortalecer cada vez mais a nossa marca e gama de produtos.

Confira uma linha completa para produção de Fármacos

Líder no Mercado para Embalar

A Cetro é líder no segmento de soluções para embalagens.

Nós acreditamos que a junção do esforço com o trabalho em equipe é o que faz a diferença para o sucesso. 

Por isso, contamos com um time de profissionais engajados, com iniciativa, compromisso e dedicação em oferecer o melhor aos nossos clientes.

E esse diferencial nos trouxe um crescimento exponencial nos últimos anos. 

Dessa forma, temos como um de nossos lemas a busca por oferecer aos nossos clientes uma ótima experiência.

Afinal, não oferecemos apenas a compra efetiva de um equipamento, mas a solução para a realização de um sonho.

Através de uma experiência única e especializada, o momento do atendimento até a concretização da compra se torna especial.

Cetro: Inovação para transformar

Você sabe que muita coisa mudou, porém a evolução e a inovação sempre estiveram presentes no nosso dia-a-dia. 

E aqui na Cetro algumas coisas nunca perdem o foco. 

Afinal, a inovação sempre fez parte da nossa história.

Dessa forma, ao longo dos anos, a Cetro ajudou a construir e solidificar o mercado de soluções para embalar.

Além disso, a Cetro foi a primeira empresa brasileira a vender equipamentos para embalagem de modo simplificado através da internet.

Também fomos pioneiros em desenvolver uma comunicação integrada, simples e mais humanizada, utilizando-se de vídeos e conteúdos mais intuitivos acerca do uso das máquinas.

Isso permitiu democratizar e tornar acessível o acesso de pequenos e médios produtores aos equipamentos que impulsionam suas produções.

Portanto, revolucionamos o mercado e trouxemos o conceito de vácuo portátil, o que nos tornou sinônimo de seladoras a vácuo no Brasil.

Nova Cetro

Sabemos que empreender nunca foi fácil e continuar investindo no mercado acabou se tornando mais difícil.

Mas, mesmo com tantas mudanças, o nosso desejo de inovação permaneceu o mesmo: transformar os sonhos em realidade.

Porém, os obstáculos não nos impediram de continuar crescendo e inovando.

E inovamos junto de cada cliente e colaborador que, com dedicação, acreditou no nosso trabalho.

Por isso, a nossa história ganha hoje um novo capítulo.

Estamos de cara nova, somos uma nova Cetro!

Queremos ajudar o mercado da indústria nacional a crescer, com força, com excelência e com tecnologia.

Por isso, convidamos você a se transformar com a gente!

Novo endereço da Matriz

Estamos com uma nova matriz e canais personalizados de venda, que contribuem para uma experiência exclusiva do cliente.

Portanto, mesmo de longe, a Cetro oferece soluções completas para pequenos, médios e grandes empreendimentos.

Buscamos transformar ainda mais o mercado com um atendimento moderno, com novos recursos, departamentos e um sistema logístico integrado.

Além disso, capacitamos ainda mais os nossos colaboradores através de treinamentos e desenvolvemos um ambiente corporativo que permite alcançar um nível superior de produtividade.

E para atingir novos objetivos contamos com um showroom moderno e completo para testes com os produtos de cada cliente e atingir novos objetivos.

Programe a sua visita em nosso novo espaço: Rua Newton Prado 8-30, Jardim Independência – Bauru/SP.

Além disso, lembramos que você encontra a Cetro em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Em breve novos desafios

Nosso lema é transformar para inovar!

Queremos que você continue fazendo parte da transformação que pode mudar o mundo!

Afinal, o desejo de inovação continua presente em nosso DNA.

Em breve seremos a primeira empresa 100% brasileira a estar presente no mercado de embalagens norte-americano, oferecendo soluções para transformar e crescer cada vez mais.

Uma nova etapa e uma nova Cetro.

Para atingir os melhores resultados é preciso estar sempre atualizado.

Por isso, acompanhe o Blog da Cetro para ter acesso aos diversos conteúdos relacionados à gestão de qualidade para empresas.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece as melhores soluções para máquinas e embalagens com qualidade para que sua empresa cresça cada vez mais.

Acompanhe a transformação da Cetro em busca da evolução entrega da melhor experiência para o consumidor.

Cetro Máquinas, inovação para transformar.

O investimento em tendências de mercado e em produtos que estão em alta são uma excelente saída para quem está precisando dar um up nas contas de sua empresa.

É comum que muitas pessoas busquem por tendências, principalmente nos ramos de moda e tecnologia. Por isso, estar ligado no que está em alta nos meios de comunicação é de extrema importância e sempre pode fazer com que seu negócio dê uma alavancada.

Mas que tipo de tendência?

Nem sempre as tendências se resumem a produtos em si, nem apenas a coisas que estão estritamente ligadas ao seu ramo, então se manter atento ao que está em alta pode trazer algum tipo de ligação mais estreita entre seu cliente e o que você oferece.

Sim, muitas vezes essas tendências podem não ter nada a ver com o que você vende e podem te trazer benefícios! Muitas vezes uma música que está em alta, um ‘meme’ que todo mundo está falando, ou um vídeo que todos estão falando pode ter algum tipo de ligação a algum dos inúmeros temas do seu ramo e dessa forma, o assunto pode ser ligado ao seu tema. Se não tiver nenhuma ligação, esses assuntos podem servir apenas como um elo comportamental entre o que o seu público está vendo e o que você tem a oferecer.

Mas que capacidade isso tem?

Quando você associa o seu produto a algo que está em alta e muitas pessoas estão falando, sempre lembrando que este assunto em alta deve ser necessariamente algo positivo, o seu produto acaba se tornando próximo de seu público e é estabelecido algo que é muito importante nos dias de hoje, uma relação interpessoal de compra. Os consumidores, cada vez mais, estão à procura de mais do que uma relação de compra e venda, mas cada vez mais buscam se manter inter-relacionados e que a partir daí eles se sintam ‘amigos’ do seu negócio e se mantenham fieis ao que você oferece.

E depois da compra?

É importante que depois da compra efetuada, o cliente não seja esquecido, nem deixado de lado, já que um cliente satisfeito traz várias oportunidades a empresa, não só como alguém que vai continuar comprando, mas como alguém que pode indicar o seu produto a mais e mais pessoas e mesmo nas épocas áureas da internet e da tecnologia, a indicação ainda é muito importante para trazer mais clientes ao seu negócio.

Fique ligado no blog da Cetro e não perca nenhuma dica para o seu negócio ou para sua casa.