Fique por dentro das principais características de uma das áreas mais importantes da indústria nacional

Você sabia que um dos setores da indústria mais consolidados no Brasil é o de bebidas?

Este tipo de indústria engloba mais de 3 mil empresas que fabricam vários produtos, incluindo água, sucos, cervejas e refrigerantes!

Por isso, neste artigo você irá conhecer mais sobre este setor e quais os tipos de máquinas mais adequadas para atender as necessidades desta indústria e aumentar a capacidade produtiva!

Empregabilidade e mercado da indústria de bebidas no Brasil

De acordo com o Perfil Setorial da Indústria, plataforma da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o setor de bebidas faz parte da chamada indústria de transformação.

Por sua vez, ela contribui com 55,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da indústria brasileira.

Segundo o mesmo Perfil Setorial, mais de 120 mil pessoas trabalham no setor de bebidas em nosso país.

Um dado surpreendente e que merece destaque é que devido ao tamanho do mercado consumidor, 99% das bebidas produzidas em solo nacional são voltadas para o consumo interno.

Ampla variedade de bebidas comercializadas

A quantidade de produtos vendidos varia muito conforme a empresa, seja ela pequena, média ou grande.

A Kikkoman, por exemplo, concentra-se na fabricação de saquê (tradicional bebida alcoólica japonesa) e outros produtos fora da indústria de bebidas (como arroz e molhos).

Por outro lado, a Ambev (multinacional brasileira que faz parte da empresa belga Anheuser-Busch InBev) possui um extenso portfólio de itens, incluindo refrigerantes (como o Guaraná Antarctica), isotônicos (Gatorade), energéticos (Fusion), sucos (Do Bem), chás (Lipton) e cervejas (Brahma, Budweiser, Skol, Spaten, dentre outras).

Inovações sustentáveis e tecnológicas na indústria de bebidas

Assim como acontece com outras indústrias, as empresas de bebidas também precisam se reinventar, sempre apresentando novidades e demonstrando estar cada vez mais próximas de seu público consumidor.

Um assunto que vem ganhando cada vez mais relevância todos os anos é a sustentabilidade, e um exemplo de preocupação com o meio ambiente é o da Coca-Cola.

Em setembro de 2021, a filial brasileira de uma das maiores corporações norte-americanas do mundo anunciou uma mudança importante: a água mineral Crystal tornou-se a primeira garrafa de água composta apenas por material PET reciclado, dispensando por completo o uso de matéria-prima virgem. O objetivo é reduzir o nível de emissões de CO2 e o descarte incorreto de embalagens.

A iniciativa faz parte de uma estratégia maior: até o ano de 2030, todas as embalagens da água Crystal serão corretamente destinadas, fazendo com que a operação não gere nenhum resíduo.

Outro caso que pode ser considerado aqui é o da startup Zé Delivery, criada dentro da Ambev em 2016 pelo Fundo de Bebidas da ZX Ventures, hub de inovação e aceleração responsável por desenvolver soluções para consumidores.

Trata-se de um aplicativo que, no começo, consistia na entrega de bebidas alcoólicas na casa do cliente, sempre pelo menor preço e com a garantia que elas estarão geladas.

Atualmente, o Zé Delivery ampliou a gama de produtos ofertados para além das cervejas, tornando-se uma espécie de mercado virtual.

Agora, estão disponíveis para compra itens como refrigerantes, sucos, gelo, carnes para churrasco, carvão, salgadinhos, chocolates e outros.

Qual a máquina mais adequada para o setor de bebidas?

Como você acompanhou até agora, a indústria de bebidas é extremamente importante para abastecer o mercado nacional. Por outro lado, é necessário que haja o equipamento adequado para a produção acontecer da melhor forma.

Sendo assim, conheça o tipo de máquina ideal que a Cetro oferece para sua produção atingir a eficiência que seu negócio precisa!

Envasadoras

Esta linha de máquinas da Cetro possui a mais avançada tecnologia para envasar líquidos, automatizando sua produção e consequentemente trazendo mais qualidade para seu negócio.

Contamos com vários modelos para todo tipo de necessidade: envasadora manual, automática, rotativa, rosqueadora, envasadora em linha e outras opções. Inclusive algumas máquinas podem executar múltiplas funções, como aplicar lacres, fazer a selagem destes lacres e distribuir seu produto através de uma esteira. Tudo para garantir o envase perfeito e trazer mais agilidade e otimizar o fluxo de produção da sua empresa!

Se você ainda não sabe qual envasadora escolher, leia nosso artigo “Como escolher a envasadora de líquidos ideal?” para tirar suas dúvidas!

Faça a diferença e transforme sua produção; escolha Cetro!

Precisa impulsionar sua linha de produção de bebidas e quer contar com o maquinário certo para isso, com assistência técnica especializada que atende todo o Brasil e a maior variedade de equipamentos? Então confira as opções que a Cetro oferece para seu negócio superar expectativas! Clique aqui e veja todo o nosso portfólio.

E se você gostou deste artigo e quer ficar por dentro de outros conteúdos pensados para ajudar sua empresa, continue acompanhando o blog da Cetro!

O CLP é a sigla de Controlador Lógico Programável, que é um computador capaz de executar funções específicas através de programas criados. E se você não conhece o CLP, é importante saber que esse dispositivo faz parte da inteligência da automação, pois é responsável pelo controle do processo.

Um controlador lógico programável nada mais é do que um computador utilizado para automatizar um processo, função da máquina ou uma linha de produção.

Apesar disso, comparado com computadores comuns, o CLP possui menor capacidade de processamento de dados e armazenamento, sendo aplicado em situações específicas.

O que é CLP?

De acordo com a ABNT, Associação Brasileira de Normas Técnicas, um controlador lógico programável é um dispositivo digital similar aos computadores utilizados. A diferença está na estrutura física, com hardwares e softwares dedicados à automação das indústrias.

O CLP pode ter suas características modificadas conforme as necessidades da operação, seja com a implementação de cartões de memória ou adição de placas de saída de frequência, adaptando-o para melhor atender a sua produção.

Além disso, esse dispositivo pode ser integrado em sistemas complexos, comunicando-se através de canais seriais. Isso permite que sejam monitorados por computadores, operando em uma rede de comunicação com um protocolo comum.

Vamos colocar na prática!

Por exemplo, em uma linha de produção de potes, imagine uma Rotuladora que aplica o rótulo diretamente no recipiente de modo contínuo. Para o equipamento realizar o movimento, inserir o rótulo na posição exata, sem imperfeições, quando iniciar ou quando parar o funcionamento, é preciso um equipamento que armazene todas as informações. E é aí que entra a utilização do CLP.

A origem do CLP

O surgimento do CLP foi um marco na automação industrial.

Afinal, ao simplificar processos, se tornou responsável por flexibilizar a linha de produção, reduzindo tempo de produção, desperdícios de matéria prima e o custo da mão de obra, resultando em um aumento da produtividade.

Dessa forma, o CLP foi desenvolvido por uma empresa norte-americana para ser utilizado, a princípio, pela GM, mas propagado à outras indústrias posteriormente.

Assim, o primeiro Controlador Lógico Programável surge na década de 60, visando atender às necessidades de produção da multinacional General Motors, Chevrolet no Brasil, que buscava alterar sua linha produtiva com rapidez e menor custo.

Sem a utilização do CLP, a produção demandava a reformulação dos comandos das máquinas, gerando custos com mão-de-obra e gastos com matéria-prima.

A necessidade de produzir carros do mesmo modelo, mas de cores diferentes, sem interromper a produção, fez com que a GM buscasse por alternativas práticas para automatizar o processo, tornando-o mais ágil e fácil.

O CLP passou por diversas modificações e transformações ao longo dos anos, passando a ocupar, cada vez mais, espaço dentro de máquinas e equipamentos industriais, ao mesmo tempo, a automação se tornava requisito essencial para as produções inteligentes, tendo maior aplicação no contexto da Indústria 4.0.

Leia mais: Você sabe o que é Indústria 4.0?


Envasadora Automática em Linha

Como o CLP funciona?

O CLP é composto por 3 partes: entradassaídas e dispositivo de programação. Parece complicado, mas entendendo como cada parte funciona, é fácil entender a operação do dispositivo.

ENTRADAS

As entradas são responsáveis por receberem os sinais do equipamento, sejam analógicas ou digitais. Veja as diferenças:

ANALÓGICAS: Responsáveis por receberem as referências analógicas do equipamento, por exemplo, variação de temperatura ou pressão.

DIGITAIS: Receberem sinais de forma binária. Cada entrada entende apenas dois estados, ou seja, o sinal recebido é sempre 0 ou 1.

SAÍDAS

As saídas são responsáveis por receberem as ordens transmitidas pelo CPU. E as informações são resultantes do processamento dos sinais recebidos. Assim, os cartões de saída acionam as cargas de acordo conforme determinado no CLP.

Mas, como as entradas, as saídas podem ser analógicas ou digitais.

ANALÓGICAS: Transmitem sinais ao controle. Por exemplo, para controlar a velocidade do motor, disponibiliza o sinal para enviar uma instrução ao inversor de frequência.

DIGITAIS: Possuem dois tipos: relé ou transistor. Eles trabalham de maneira binária com dois estados: ligado ou desligado. Dessa forma, o comando é realizado a partir dos estados 0 ou 1, acionando ou desligando.

DISPOSITIVO DE PROGRAMAÇÃO

O dispositivo de programação é responsável por receber a informação e determinar a ação a ser cumprida. Logo, sua função é ler os valores lógicos repassados pelas entradas. Depois executa as instruções do programa, transferindo as ordens para as saídas.

Assim como um computador comum, conta com duas partes fundamentais: processador e memória. O processador executa a ação programada, gerencia a comunicação e execução dos programas.

Mas, para funcionar, o CLP necessita de um sistema operacional com um software. Dessa forma, os programas são inseridos na memória do processador no dispositivo de programação.

Empacotadora de Grãos e Pó

Para que serve o CLP?

Para gerenciar uma produção de forma autônoma, é preciso um equipamento capaz de controlar o processo, recebendo sinais, processando-os e enviando comandos para os operadores. Ou seja, para que o sistema funcione, é necessário um dispositivo que tenha informações para tomar decisões de forma inteligente.

O responsável por tomar decisões deve ser um equipamento que seja programável.

Na rotina industrial, o CLP é muito utilizado, afinal, para tomar decisões, o equipamento deve ser programável. E os processos que utilizam o CLP são: controles de nível, de vazão, automação de esteira e vários outros.

Além disso, o CLP opera através de um processo contínuo chamado de “Ciclo de Varredura”. Assim, em cada ciclo, o dispositivo realiza atividades como: leitura das entradas, execução das instruções do programa e atualizações das saídas.

Encapsuladora Semi-automática

CLP ou PLC: qual a diferença?

Se você já se deparou com os termos CLP e PLC, pode ter pensado que se tratam de dois equipamentos distintos.

Entretanto, ambas as siglas se referem ao mesmo dispositivo, a diferença está em que o PLC (Programmable Logic Controller) corresponde ao termo em inglês, já o CLP se refere ao equipamento em português.

Rotuladora Automática de Frascos Cilíndricos – CALM T

Vantagens do CLP

A utilização do CLP é um item indispensável dentro das indústrias. E no contexto da Indústria 4.0, um dispositivo simples não atende à todas as necessidades da produção, por isso, optar pelo CLP traz muitas vantagens:

  • Possibilidade de personalização ao interligar sistemas;
  • Redução nos desperdícios de matéria prima e energia;
  • Menor tempo de resposta das máquinas;
  • Controle e qualidade da produção;
  • Facilidade da programação: as linguagens utilizadas são de fácil aprendizagem, facilitando a construção da lógica;
  • Manutenção simples;
  • Exatidão na execução das tarefas;
  • Maior eficiência e competitividade industrial.

A utilização de um equipamento com CLP faz necessário apenas um computador para manipulação do programa, simplificando a alteração dos processos, reduzindo tempo e mão-de-obra.

Enquanto empresas trabalham somente com equipamentos tecnológicos, outros negócios necessitam de soluções específicas com CLP, como as envasadorasempacotadorasrotuladoras e até encapsuladoras. Por isso, para que a produtividade seja a melhor possível os equipamentos devem acompanhar a eficiência da empresa.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Uma alternativa para quem quer aumentar os resultados de uma empresa é trabalhar com foco nos resultados. 

Essa metodologia pode ser colocada em prática a qualquer momento e traz melhorias significativas no aumento da produtividade e alcance das metas, além de alavancar o desempenho de uma organização.

Quer saber como implementar essa metodologia e conquistar melhores resultados? 

Então não deixe de ler o artigo que preparamos para você.

O que é foco nos resultados?

O foco nos resultados tem algumas metas e objetivos definidos, além de um plano de ação para evitar os desvios da realização das tarefas, que são essenciais para alcançar as realizações da empresa.

Assim, quando o trabalho é desenvolvido com base na projeção dos resultados esperados, evitamos perder tempo com outras questões. 

Portanto, a postura com foco em resultados tem sido adotada e valorizada no mercado corporativo para diminuir as distrações que podem ocorrer durante o andamento dos projetos e tomar as decisões rapidamente.

Dessa forma, a gestão se torna mais organizada e visa elencar as prioridades e projetos para otimizar os esforços e atingir as metas e objetivos definidos previamente. E com o decorrer do tempo, essa atuação poderá contribuir na conquista de realizações mais consistentes.

Leia mais: Como aplicar Metodologia 5S?

Como trabalhar com foco em resultados?

A metodologia consiste em manter um posicionamento empresarial focado nos resultados. 

Contudo, a postura deve ser adotada por todos os profissionais da empresa, desde donos e diretores, até líderes e colaboradores.

Logo, o objetivo de aplicar a metodologia visa melhorar o desempenho da organização e incitar a reflexão sobre os resultados obtidos e como eles podem ser melhores.

Tendo em vista essa mudança, modificar ou aderir a alguns métodos podem ajudar a aumentar os resultados de uma empresa, como:

  • Redefinir a maneira como os resultados são medidos;
  • Definir metas e objetivos para equipe e para empresa, a curto e longo prazo;
  • Melhorar a experiência do consumidor;
  • Aprimorar a qualidade do produto ou serviço oferecido;
  • Explorar as mudanças do mercado;
  • Implementar máquinas ou equipamentos que auxiliem para o aumento da produção.

Leia mais: O atendimento humanizado é um diferencial para sua empresa?

Como manter o foco nos resultados?

Quando falamos em manter o foco há inúmeras pessoas que não conseguem atingir esse objetivo. E está tudo bem.

A dificuldade de manter o foco está presente na predisposição das pessoas em se dispersarem devido às outras demandas. 

Ou seja, ao tentar focar em resolver determinada questão, podem haver ruídos e demandas que interrompem o raciocínio daquele que busca manter o foco.

Logo, para colocar uma postura positiva em prática, é preciso desenvolver um planejamento com foco no resultado, definindo metas e indicadores para alcançar os objetivos.

Foco em resultados: equipes

Com o entendimento sobre as competências necessárias para manter a empresa no mais alto nível de excelência, o foco nos resultados pode ajudar a conquistar grandes feitos.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para aplicar em equipes que buscam manter o foco em resultados. Confira:

  • Delegue as atividades por afinidade: as pessoas trabalham melhor ao realizarem atividades das quais se sentem aptos.
  • Defina prioridades para cada membro: ao saber qual atividade fazer primeiro ou qual é mais importante, a chance de perder o foco é menor.
  • Motive a sua equipe: com a motivação dos colaboradores é possível perceber como a produtividade pode aumentar.
  • Crie metas e premiações para os objetivos atingidos: uma forma colaborativa de motivar e deixar a equipe por dentro dos resultados da empresa.

Dessa forma, colocar essas dicas em prática auxiliará a manter o foco nos resultados para que a sua empresa continue conquistando novas metas. 

Foco em resultados: pessoas

Além de desenvolver estratégias para a sua equipe focar nos resultados, é importante que cada colaborador sinta a necessidade de mudar algumas atitudes e entenda que, através desses resultados, a empresa irá se desenvolver cada vez mais.

Mas quem não consegue desenvolver o foco em suas atividades, deverá encontrar maneiras para manter o equilíbrio emocional e aumentar a capacidade de resiliência para focar nos negócios.

E aplicar estratégias que possibilitem o foco em resultados é positivo tanto para os colaboradores, quanto para a empresa. 

Dessa forma:

  • As ideias surgem a todo momento;
  • O retrabalho é nulo;
  • A equipe se une e melhora a performance;
  • Essa empresa cresce visivelmente;
  • Os resultados são mais satisfatórios;
  • As chances de erros são menores.

Leia mais: A importância do equilíbrio emocional

Foco em resultados: líderes

Um líder ou gestor deve guiar sua equipe com foco em resultados, afinal, os líderes caminham junto aos seus liderados em busca de resultados. Portanto, entende-se que uma conquista é de todos, assim como um fracasso também será de toda a equipe.

Para um líder desenvolver o foco em resultados algumas ações são essenciais:

  • Mantenha as informações organizadas e seguras;
  • Analise e decida quem poderá realizar cada atividade; 
  • Defina prazos e classifique cada uma das ações;
  • Revise todas as etapas e acompanhe o processo.

Como aumentar os resultados de uma empresa?

Além disso, outro fator importante é preparar toda a equipe para trabalhar com o novo método, principalmente os líderes, afinal são os que desenvolvem um papel fundamental no alcance das metas e dos resultados, sendo os responsáveis por gerir a equipe.

Portanto, para desenvolver uma postura focada em resultados e contribuir com o crescimento do empreendimento, separamos algumas dicas importantes.

Defina pequenas metas

Antes de tudo, é importante listar todas as suas tarefas de médio e grande impacto, fragmentando-as em pequenas metas.

Dessa forma, você pode trabalhar em cada pequena atividade e, de acordo com a finalização de cada trabalho, se sentirá motivado.

Afinal, o foco estará diretamente ligado ao resultado final, enquanto isso você se ocupa em realizar as atividades em pequena quantidade.

Crie indicadores de desempenho

Como já dissemos acima, cada atividade desempenhada no seu dia a dia pode contribuir para atingir o resultado.

Mas, para ter certeza de que os seus esforços estão contribuindo para chegar até os seus objetivos maiores, é preciso contar com o uso de indicadores de desempenho.

Assim fica mais fácil compreender se as metas estabelecidas atingiram o objetivo final conforme o planejado, evitando surpresas e contratempos.

Tenha um momento de descanso

Para alcançar o foco pleno nos resultados é necessário tirar alguns momentos para descansar.

Por isso, as pausas ao longo da jornada de trabalho podem te ajudar a manter os pensamentos organizados.

Logo, as pausas auxiliam a preservar a qualidade das etapas durante a construção de um resultado eficiente.

Gerencie o seu tempo

Nos dias atuais, o tempo é um dos bens mais precisos em qualquer área de atuação.

Portanto, realizar uma uma gestão da forma como você utiliza seu tempo é fundamental.

Faça uma lista das suas atividades e analise como cada uma colabora para você atingir seus objetivos.

Contudo, alguns processos podem ajudar a otimizar tempo e aumentar a produtividade da sua empresa.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.