Assim como adquirir uma boa seladora, a composição de gases modificados pode fazer a diferença na hora de embalar seu alimento a vácuo; entenda mais sobre a atmosfera modificada


Sabe-se que, assim como entender o tipo de embalagem que deve ser utilizado em seu negócio, a utilização da atmosfera modificada, também conhecida por ATM, tem suma importância para qual a qualidade do produto embalado e exposto ao consumidor disponha de uma bela apresentação, como cor, aparência, textura, além de sustentar suas características.

Utilizar a tecnologia ATM gera grandes benefícios ao empreendedor, podendo garantir longa vantagem e deixando a concorrência para trás. Manter seus produtos frescos é dispor de seus valores nutricionais intactos por muito mais tempo. Hoje muitas pessoas procuram e só utilizam alimentos que possuam zero conservantes, exatamente pelo fato de que a utilização desses produtos químicos pode causar complicações a saúde. É aí que entra a tecnologia de gás ATM, criando uma gama de possibilidades de empregá-lo de acordo com o que for melhor para o produto em questão.

Desta forma, saber qual tipo de gás recorrer é tão importante quanto saber qual o material da embalagem e qual tipo de alimento deve estar sendo manipulado. A ATM consiste em modificar o ar presente na embalagem do alimento, a fim de garantir uma validade muito mais extensa e melhorar suas propriedades.

Mas como ocorre o processo de vácuo com injeção do ATM? Se você chegou até aqui, vamos identificar quais são os gases mais utilizados neste tipo de procedimento e como é realizado.

Dentre os gases que compõem nossa atmosfera talvez o mais conhecido seja o Oxigênio, afinal é ele que nos permite respirar.  Sabendo que o ar é composto basicamente por gases, como: oxigênio (21%), nitrogênio (78%), gás carbônico e gases nobres (1%), a atmosfera modificada tende a, literalmente, modificar essa composição dentro da embalagem, substancialmente reduzindo a quantidade de oxigênio no ar e substituindo-o por outro gás.

OXIGÊNIO

O gás oxigênio (O2) promove a oxidação, ou seja, em alimentos pode haver alteração de cor, sabor, multiplicação de bactérias, perca da validade máxima. Por conta disso, tende-se a retirar o O2 da embalagem consideravelmente ou completamente, substituindo-o por um gás menos reativo aos alimentos, como o nitrogênio. Apesar de ser um gás oxidante com algumas consequências ao produto, deve ser levado em consideração que há o efeito positivo de impossibilitar a incrementação e fortalecimento de bactérias e microrganismos anaeróbicos.

NITROGÊNIO

A conservação do alimento deve-se muito ao efeito inerte do gás nitrogênio (N2), pois ele não reage quimicamente a outras substâncias, não alterando as características do alimento assim como sua qualidade. O N2 tem efeito inibidor de microrganismos aeróbios, ou seja, microrganismos que dependem de O2 para sobreviver, sendo o gás mais adequado e mais aplicado na substituição do oxigênio em relação a atmosfera modificada.

GÁS CARBÔNICO

O gás carbônico (CO2) tem como ação principal evitar a proliferação de microrganismos de todos os tipos. Estas bactérias podem ser responsáveis pela degradação do alimento, porém, quando o CO2 entra em contato com a água, como em um ambiente úmido, por exemplo, a reação química presente torna o ambiente ácido. A acidez gerada pode, por sua vez, até mesmo eliminar todos os microrganismos responsáveis por essas degradações.

Entende-se que a ATM é muito vantajosa na utilização de produtos de diversos segmentos, principalmente alimentício, porém entender quais gases devem ser utilizados compostamente, tipos de embalagens necessárias e metodologias de trabalho são muito importantes para se obter o melhor trabalho possível e atingir extremo profissionalismo, independentemente do tamanho de sua produção.

Sabemos que o método de selar a vácuo os produtos e alimentos é uma maneira bastante eficaz de garantir e preservar a qualidade deles.

Além disso, é possível utilizar o método para embalar diversos produtos. Mas você sabia que existem equipamentos diferentes capazes de realizar esta tarefa?

Hoje, iremos falar da seladora a vácuo e da seladora a vácuo de câmara. Entenda a diferença entre os modelos e escolha aquele que se enquadra às suas necessidades!

O que é um produto embalado a vácuo?

Já ouviu falar de alimentos embalados a vácuo? Esse processo envolve a retirada de todo o ar presente na embalagem. Ao serem conservados a vácuo, os alimentos ficam longe do contato com o ar, mantendo a textura, cor e sabor, afinal, não perdem os nutrientes.

Da mesma forma, as embalagens a vácuo são grandes aliadas de, por exemplo, proteínas, como as carnes, que perdem propriedades específicas ao entrarem em contato com o ar devido à proliferação de bactérias e, até mesmo, fungos que reduzem a vida útil dos alimentos.

Você pode embalar os mais diversos tipos de alimentos, como grãos, cereais, carnes, legumes, verduras, alimentos com ou sem líquidos. Porém cada alimento requer cuidados especiais antes de ser selador a vácuo, como manuseio, limpeza e até cozimento. Para maiores informações consulte o site do Embrapa.

Como lucrar com as seladoras?

Por que embalar a vácuo?

Quem trabalha com a manipulação de alimentos entende a importância de tomar diversos cuidados para o melhor condicionamento dos produtos. Por isso, deve-se levar em conta fatores como a perecibilidade e qualidade do alimento que é levado à mesa do consumidor.

Assim, alguns alimentos demandam atenção durante o tratamento e conservação. Pois ao utilizar uma embalagem a vácuo, o produto está protegido contra a perda de características únicas presentes no ar.

Um produto embalado a vácuo é garantia de qualidade e segurança para o consumidor. Dessa forma, é responsabilidade do fornecedor do alimento garantir que o produto chegue intacto para o consumo, agregando maior valor à empresa e benefícios à saúde do cliente.

Como utilizar uma seladora a vácuo? 

Seladora a Vácuo Portátil ou de Câmara: Qual escolher?

Para que você entenda a diferença entre seladora a vácuo e seladora a vácuo de câmara, vamos conferir as características de cada uma delas:

Seladora a Vácuo Portátil

Há diversos modelos de seladoras, porém, as que são seladoras a vácuo, sem outros itens acrescentados, costumam ser equipamentos menores e mais compactos.

Com estrutura pequena e portátil, você pode levar o equipamento para todos os lugares que quiser. São ideais para menores produções, como pequenos estabelecimentos e locais com baixa demanda.

Ou seja, são perfeitas para quem deseja incrementar a produtividade de seu negócio, iniciar sua produção ou ainda organizar o dia a dia doméstico. A seladora pode ser usada inclusive no preparo de receitas, deixando os temperos em conserva para impregnar os sabores e fragrâncias. Por isso, é comum que estas máquinas consigam selar embalagens uma por uma.

Seladora a Vácuo Doméstica

Seladora a Vácuo de Câmara

Já quando falamos sobre uma seladora a vácuo de câmara, comumente vemos máquinas maiores e mais robustas. São adequados para suportar produções em série. Assim, selam mais de uma embalagem ao mesmo tempo, agilizando ainda mais o processo.

Elas contam com a possibilidade até mesmo de obter duas câmaras. Dessa forma, enquanto você sela alguns produtos de um lado, já consegue organizar os próximos do outro.

Além disso, as aplicações para produtos embalados a vácuo são inúmeras e podem ser utilizadas em diversos segmentos embalando produtos grandes como: pedaços de carnes, peixes, linguiças, pizzas, palmitos, frios fatiados, aves, massas, queijos, charque, comidas congeladas e vários outros produtos.

Outra vantagem é o opcional em alguns modelos de realiza o processo de injeção de ATM, a atmosfera modificada, que é ideal para produtos vegetais, leguminosos e até mesmo produtos prontos que irão as prateleiras, tudo isso com um ajuste simples.

Seladora a Vácuo DZ510 Industrial

A melhor opção

Além disso, algumas máquinas contam com recursos específicos de acordo com cada necessidade, como seladoras a vácuo com reservatório de líquidos evitando seu contato direto com o equipamento, pois podem danificá-lo, garantindo maior potência e aumento da capacidade produtiva.

Portanto, vale lembrar que cada seladora possui uma função específica e deve ser escolhida conforme a necessidade de produção.

A Cetro oferece soluções completas para todos os itens necessários para organizar seus alimentos, como equipamentos para selar a vácuo, e também embalagens próprias para o preparo que atendem todas as certificações internacionais de qualidade.

Acompanhe o Blog da Cetro para conhecer outras técnicas de conservação de alimentos e equipamentos que podem aumentar a produtividade da sua cozinha.

Ano após ano usamos o “modo automático” para coisas básicas da vida, sabendo disso listamos três aspectos que podem melhorar nossas rotinas

2021 se encerrou e um novo ciclo foi iniciado com a entrada de 2022 em nossas vidas. Muitos objetivos foram traçados durante estes 365 dias, alguns foram concluídos com êxito, houve dificuldades em alguns momentos e acabamos por deixar algumas metas sem a devida atenção.

Nossa saúde física e mental esteve a prova em praticamente todos os momentos do ano e não podemos deixar de cuidar do nosso bem-estar. A saúde, ainda por cima depois de anos atípicos como estes que vivemos, vem sendo desgastada cada vez mais com padrões, estresse, rotinas, imprevistos e qualquer que seja a oportunidade que tenhamos para deixá-la de lado.  

Porém, existe três pilares consideráveis que devemos nos atentar para que possamos entrar em 2022 com muito mais ânimo e disposição, assim, consequentemente, podemos ter mais fluidez e entusiasmo no trabalho, em casa e em qualquer lugar. Em vista disso, a Cetro coloca a sua disposição máquinas que te ajudam a encarar estes aspectos e torná-los funções naturais da sua rotina saudável. 

Alimente-se melhor

Saber dosar uma boa quantidade de alimentos orgânicos em sua alimentação não é mais um mistério para ninguém, visto que nossa alimentação necessita de fontes de proteínas, minerais, vitaminas, entre outros. Mas, mesmo com a ideia em nossa cabeça, é algo difícil de se colocar em prática. 

Melhorar a alimentação significa melhorar a qualidade de vida instantaneamente e, portanto, utilizar alimentos frescos e sempre no ponto certo de seu cozimento é o recomendado por médicos e nutricionistas. Para facilitar, a Cetro destaca a Seladora a Vácuo com Reservatório para que você possa utilizá-la com a finalidade de selar a vácuo alimentos que necessitem dessa prática para não perder qualidade, sabor e textura naturais. 

Com essa seladora é possível selar a vácuo alimentos como carnes, peixes, legumes, cereais, queijos, hortifruti e iguarias que possuam líquidos, pois ela detém um reservatório para que seja armazenado estes fluídos e não danifique o equipamento. 

O processo de selagem a vácuo evita que estes alimentos sejam contaminados por fungos, bactérias e micróbios, impedindo o aumento da oxidação e ações enzimáticas naturais. A alimentação saudável pode ser administrada com praticidade e criatividade se feita com determinação, e a seladora da Cetro possui funções tão práticas quanto preparar arroz com legumes. 

Ao que se propõe com a seladora, cozinhar alimentos com a técnica francesa “Sous Vide” utilizando o Termocirculador SV 95 da Cetro é uma ótima alternativa para comer bem, desfrutando de todo o sabor, macies e texturas de carnes, aves, legumes, peixes, frutos do mar, entre outros, que são preservados e valorizados com o método.

A técnica mantém a água aquecida em temperatura constante, fazendo com que o alimento embalado a vácuo e submerso à água seja cozido de maneira uniforme em banho maria. As iguarias feitas no sous vide podem, ainda, agregar valor ao prato, valorizando sua refeição e fazendo com que você ingira alimentos com suculência e alta qualidade.

Evite o desperdício

Assim como preparar boas refeições pode te ajudar a dar um “up” em seus dias, passar a evitar o desperdício destes alimentos também deve ter seu significado neste processo de melhoria para o novo ano de 2022. Muitos alimentos usados por grandes indústrias e mercados são jogados nas lixeiras, muitas vezes estes alimentos ainda estão utilizáveis e poderiam ter como destino o prato de alguém.  

Como dito anteriormente, a Seladora a Vácuo com Reservatório pode prolongar por muito tempo a vida útil do alimento sem que ele perca características, como sabor, textura, cores, etc. Ela pode, também, ajudar a armazenar estes alimentos nas geladeiras e refrigeradores evitando o desperdício de produtos que provavelmente não seriam utilizados senão na hora.  

A prática do desperdício pode ser muitas vezes automática, pois acabamos jogando fora partes de carnes, frutas e legumes, por exemplo, quando poderíamos armazená-los a vácuo em geladeira, evitando o desgaste natural. Todos os anos toneladas de alimentos são desperdiçados no mundo, talvez uma mudança de hábito contendo essa atitude pode ser um grande passo para deixar seu 2022 mais leve e consciente.

Organize-se

Ser organizado te torna uma pessoa mais responsável e independente. Ter organização em tudo na vida requer muito esforço diário para que não acabamos caindo em zonas de conforto e fiquemos estagnados. Organização requer foco, ter o controle dos seus atos pode ser muito importante para diversas situações na vida. 

Organizar-se, por exemplo, antes de uma viagem que exija tempo para se ordenar de forma que não falte nada durante o roteiro, uma boa opção para que você consiga uma estrutura de organização, principalmente com comidas, é selar seus alimentos e pertences em uma Seladora PFS 100

Esta seladora é compacta, simples e rápida, levando apenas dois segundos para selar qualquer material termo aderente. Ela pode ser utilizada para selar produtos inacabados, como salgadinhos, bolachas, pacotes abertos e que, se não fechados, teriam suas vidas úteis comprometidas.  

É uma ótima opção para organizar sua cozinha deixando tudo o que for necessário armazenado dentro de sacos plásticos feitos de PP (polipropileno) ou PE (polietileno). Utensílios domésticos ou de trabalho, como talheres, pinças, tesouras e materiais esterilizados. Evita, também, o contato 

Estas são três atitudes rotineiras que podemos alcançar e manter durante toda a vida, assim melhoramos nossas ações diárias ao mesmo tempo que ajudamos nosso corpo, nossa mente e o mundo, além de estarmos utilizando o melhor do mercado, facilitando nosso desempenho nesses e outros processos.

O amendoim é um dos grãos mais consumidos do mundo, em 2019 sua produção tem a expectativa de passar das 500 mil toneladas no Brasil, que é o 13º maior produtor do mundo. Ele já é um queridinho dos brasileiros e além disso, hoje em dia, todo o amendoim que é plantado no país, é consumido.

A produção de amendoim e derivados ganhou e vem ganhando muito espaço nos últimos 10 anos e é esperado que para os próximos 10 a produção total aumente mais 13%. Hoje, só o estado de São Paulo produz 90% da produção total nacional e a cidade de Jaboticabal é a Capital Nacional do grão, em 2018 por exemplo, a cidade produziu 25% das 433 mil toneladas produzidas em todo o estado.

O Crescimento Dos Derivados

Assim como a produção do amendoim em si, seus derivados tiveram um crescimento exponencial, para garantir produtividade, estoque e poder de venda e barganha no mercado, os produtores necessitam ter diferenciais. Além da qualidade do produto, muitas vezes, esses diferenciais podem vir da qualidade de embalo, padronização e quantidade de produto em estoque. Por isso, a automação dos processos produtivos de empresas de pequeno, médio e grande porte, é de extrema importância.

Além disso, a disputa de mercado faz com que cada detalhe faça a diferença, como local de exposição, qualidade do processo de embalo, design de marca e padronização, e é aí que entra a ajuda das máquinas.

Por exemplo, para uma produção de pasta de amendoim é necessário ter uma linha de produção que contenha no mínimo: um moinho, uma envasadora de pastosos que pode ser semiautomática ou em linha, uma seladora de indução, responsável por lacrar as embalagens e uma rotuladora que insere marca e arte nas embalagens.
Já uma produção de paçoca, requer outros tipos de máquinas, como as embaladoras do tipo Flow Pack. Esta máquina tem a capacidade de tornar os processos muito mais simples e em altíssima produtividade, visto que um número muito elevado de embalagens são produzidas por dia de trabalho. Do mesmo modo, são produzidos o Pé de moleque e o de moça.

Em síntese, o amendoim e seus derivados vem sendo consumidos cada vez mais pelos brasileiros.

Padrão para o Mercado

Para colocar nas prateleiras de vendas e mercados o grão em si, salgado, doce ou in natura, alguns métodos de embalo podem ser adotados. Com uma dosadora, uma produção tem garantia de padronização, além da segurança de ter pouquíssima perda de produtos. Da mesma forma, para uma produção que necessita de processos facilitados e embalagens timbradas, uma empacotadora é fundamental, ainda tendo sua produtividade aumentada significativamente.

No caso de produtos in natura, o processo de embalo a vácuo é um dos meios mais utilizados, pois além de garantir que os grãos mantenham suas características naturais resguardadas por muito mais tempo, a embalagem ganha em aspectos estéticos.

Confira a seguir as máquinas atendem a produção de amendoim e quais os derivados que podem ser feitos por elas:

Moinho

Ideal para muitas produtividades de pasta de amendoim, temperadas, doces ou integrais.

Envasadoras de pastosos

Ideais para produções de pasta de amendoim, as envasadoras podem ser de diferentes tipos e para diferentes produtividades.

Empacotadora

Empacotadoras de grãos e pós são ideias para automatizar produções de amendoins doces, temperados ou in natura. Essas maquinas tem a capacidade de fazer todo o processo de embalo sozinha, e ainda tem opcionais de datador e de leitor de fotocélula, que fazem o processo em embalagens já timbradas.

Seladoras contínuas

Ideias para pequenas e médias produções dos grãos temperados ou in natura. Principalmente quando solapas são usadas para inserção de marca, e data de validade e lote.

Seladoras de indução

Responsáveis por lacrar embalagens como as de potes de pasta de amendoim, com diferentes tipos de produtividade.

Flow Packs

Ideias para produções em larga escala de derivados do amendoim como: paçoca, pé de moleque e de moça.

Seladoras a vácuo

Ideais ara produções que necessitem dar maior vida útil aos produtos embalados. E também para embalagens de produtos premium que necessitem garantir maior qualidade nos processos.

Rotuladora

Servindo para inúmeras demandas, as rotuladora são ideias para a padronização, inclusão de marca e branding. Além disso, este equipamento facilita a impressão de informações nutricionais e de data.

Dosadoras

Máquinas dosadoras garantem que a produtividade de uma linha de produção não diminua, além de garantir padronização para as embalagens.

Datadores

Com modelos automáticos e manuais e com versões para potes e tampas. Eles são de extrema necessidade para a produção de alimentícios, pois informações como data de validade e lote são obrigatórias.

Você sabia que uma máquina de embalagem para pizza congelada é essencial em seu negócio?

Isso porque o equipamento é capaz de embalar o produto de forma uniforme, segura e higienizada.

Entenda mais sobre o assunto neste artigo e confira os motivos para você ter uma máquina dessas em seu empreendimento!

Embalagem a vácuo

Os produtos armazenados em embalagens a vácuo são aliados da indústria alimentícia.

Afinal, vale a pena citar seus benefícios como a praticidade para o consumidor, maior conservação do alimento e a rentabilidade para a empresa.

Se você trabalha com manipulação de alimentos entende a importância de tomar cuidados no condicionamento dos produtos.

Por isso, leve em conta fatores como a perecibilidade e qualidade do alimento que é levado à mesa.

Proteínas, por exemplo, sofrem com a perda de suas propriedades quando entram em contato com o ar.

Mas isso acontece devido à proliferação de microrganismos capazes de produzir fungos, responsáveis por diminuem consideravelmente o prazo de validade dos alimentos.

Por que embalar a vácuo?

Quem trabalha com a manipulação de alimentos entende a importância de tomar diversos cuidados para o melhor condicionamento dos produtos. Por isso, deve-se levar em conta fatores como a perecibilidade e qualidade do alimento que é levado à mesa do consumidor.

Assim, alguns alimentos demandam atenção durante o tratamento e conservação. Pois ao utilizar uma embalagem a vácuo, o produto está protegido contra a perda de características únicas presentes no ar.

Mas, acima de tudo, um produto embalado a vácuo é garantia de qualidade e segurança para o consumidor.

Dessa forma, é responsabilidade do fornecedor do alimento garantir que o produto chegue intacto para o consumo, agregando maior valor à empresa e benefícios à saúde do cliente.

Como utilizar uma seladora a vácuo? 

Importância da embalagem para pizza

Mais do que um simples invólucro, a importância da embalagem é perceber que ela desempenha um papel de destaque na proteção e conservação de diversos produtos.

Afinal, os protege contra adversidades que podem reduzir a sua vida útil. Por isso, as embalagens são desenvolvidas para manter a integridade dos alimentos.

Quando você está fazendo compras e vai escolher um produto nas prateleiras, você prefere levar a embalagem em perfeito estado ou a que tem algum amassado?

Mesmo que o conteúdo dentro de ambas seja o mesmo, optamos pela que está em perfeito estado. Então por que levamos a que não está danificada?

Acontece que os consumidores tendem a comprar o que é esteticamente agradável, apesar de saber que o conteúdo é o mesmo.

Leia mais: Benefícios do ATM na conservação de alimentos

Influência na compra

Já considerou ter embalagens com vazamentos, frágeis ou adulteradas por não contar com um processo de embalo ideal?

Isso pode refletir negativamente ao seu negócio com perdas prejudiciais. Portanto, usar máquinas de qualidade, com referência no mercado e capacidade de produção é fundamental.

Segundo pesquisa da Two Sides, as embalagens são importantes para todos os setores, afinal, direcionam a indústria a aperfeiçoar os materiais utilizados na fabricação desses produtos.

As características das embalagens que influenciam as compras, segundo a pesquisa, são:

  • 64% capacidade de proteger o produto;
  • 52% informações que elas trazem;
  • 47% facilidade de abertura ou fechamento.

Além disso, alguns atributos são transmitidos pela embalagem como: praticidadefacilidade de uso e segurança.

Leia mais: Tipos de plásticos para seladoras

Embalagem a vácuo para pizza: como funciona?

Esse tipo de processo funciona com a retirada de todo o ar de dentro da embalagem, conseguindo lacrar o produto de forma que não tenha nenhum contato com o oxigênio e microrganismos externos.

Isso ajuda a preservar o alimento e seus aspectos, bem como os nutrientes e a qualidade dele, pois, ao não entrar em contato com o ar, o processo de oxidação (que causa a deterioração dos alimentos) é evitado.

Além disso, é possível fazer com que a embalagem se molde ao tamanho exato do alimento, favorecendo no transporte e apelo visual.

As máquinas funcionam de forma simples.

Dessa forma, basta colocar o alimento e programar o tempo e temperatura de selagem.

Logo, em poucos minutos, o produto sairá embalado e pronto para o armazenamento.

Leia mais: Qual a diferença entre forno elétrico e a gás?

08 motivos para embalar sua pizza a vácuo

Ao utilizar uma seladora a vácuo, é possível preservar o alimento por mais tempo e obter benefícios como:

  1. manter a qualidade do produto, preservando aspectos como sabor, textura e aroma;
  2. aumentar a vida útil do alimento;
  3. evitar o contato com bactérias e microrganismos;
  4. otimizar o tempo de produção, aumentando a quantidade de produtos embalados por hora;
  5. facilitar o transporte dos alimentos embalados;
  6. evitar desperdícios e, consequentemente, economizar;
  7. otimizar espaço de armazenamento;
  8. tornar os alimentos mais saborosos.

Saber qual a importância da embalagem, especialmente no setor alimentício, é essencial para o sucesso.

Após reconhecer sua relevância, fica claro por que é tão necessário investir nessa área e contar com bons parceiros de negócio.

Por isso, para que sua produtividade seja a melhor possível, os equipamentos devem acompanhar a eficiência da empresa.

Esse é o pensamento da Cetro. Oferecemos as melhores soluções para embalagens com qualidade para que sua empresa cresça cada vez mais.

Quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país? Acesse o nosso site e confira os itens que não podem faltar na sua produção.

Acompanhe o Blog da Cetro e garanta que o seu negócio tenha as melhores soluções para automatizar os seus processos.

Atmosfera Modificada, ou ATM, é um modo de conservar alimentos por mais tempo, sem perder textura, sabor e outras caraterísticas.

A utilização de ATM desacelera o metabolismo dos alimentos, fazendo com que mantenham suas características originais.

Já a não utilização faz com que aumente a concentração microrganismos, que reduzem sua vida útil do alimento.

Sua eficácia é comprovada e o procedimento é utilizado em carnes, vegetais, lanches e até batatas chips.

Quer saber quais os benefícios da Atmosfera Modificada? Acompanhe o artigo!

O que é ATM?

Em primeiro lugar, uma embalagem com Atmosfera Modificada retarda a proliferação de microrganismos através da mudança de atmosfera existente dentro da própria embalagem seja por vácuo, utilização de gases ou da mistura de gases.

Aliado ao processamento mínimo, o uso da atmosfera modificada ajuda a prolongar a vida útil dos alimentos que, como consequência, toleram maiores níveis de dióxido de carbono e baixos níveis de oxigênio.

Por isso, a forma mais comum de realizar esse processo é por meio da embalagem a vácuo, com misturas gasosas adequadas na parte interna do embalagem. As misturas mais utilizadas contêm dióxido de carbono, oxigênio e nitrogênio, em certa variedade de combinações, para que possam conservar o alimento.

Confira: 03 motivos para evitar o desperdício de comida

Como funciona a Atmosfera Modificada?

O dióxido de carbono é eficaz na inibição de microrganismos comuns no ar, reduzindo a atividade microbiológica e também o valor do pH no interior da embalagem.

Já o oxigênio é frequentemente utilizado para manter a respiração de hortaliças, frutas frescas e alimentos minimamente processados.

Por fim, o nitrogênio é um gás inerte, usado para eliminar o ar do interior da embalagem e evitar a oxidação. Esse gás também vem sendo usado para manter o volume interno da embalagem, evitando que esmague os produtos dentro dela.

No caso das carnes é aplicada uma mistura com mais oxigênio para que seja mantida a coloração vermelha da carne.

Enquanto isso, o dióxido de carbono, também presente, ajuda a reduzir a possibilidade de contaminação por microrganismos.

Como uma máquina pode agregar valor a sua produção?

Vantagens de utilizar ATM nas embalagens

Como dito, para proteger alimentos com Atmosfera Modificada dentro da embalagem são necessários gases específicos ou uma mistura de gases em diferentes proporções para chegar a uma adequação ambiental conforme o alimento a ser armazenado.

Dessa forma, as características da Atmosfera Modificada tornam o processo a melhor opção para embalar diversos tipos de alimentos.

Confira alguns benefícios de utilização da técnica:

  • Prolongação da vida do produto na prateleira;
  • Maior segurança alimentar;
  • Menor desperdício de alimentos devido à validade ampliada;
  • Qualidade do produto embalado;
  • Preservação de aspectos como: sabor, aroma e textura do alimento;
  • Redução de custos para venda e compra de produtos.

Outro ponto importante: o ATM deve estar de acordo com o alimento, sob risco de estragar o produto rapidamente.

No caso dos vegetais, que respiram dentro da embalagem, é interessante trabalhar com proporções cadenciadas de gases.

Já as frutas e legumes precisam de números próximos a: 1-10% de dióxido de carbono, 2-5% de oxigênio e 85-97% de nitrogênio.

Leia mais: “Como funciona a conservação dos alimentos nas embalagens a vácuo?

A Cetro oferece soluções completas para todos os itens necessários para organizar seus alimentos, como máquinas para selar a vácuo com ATM, e também embalagens próprias para o preparo que atendem todas as certificações internacionais de qualidade. Além disso, as máquinas da Cetro possuem a maior garantia do Brasil e alta produtividade.

Acompanhe o Blog da Cetro e garanta que o seu negócio tenha as melhores soluções para automatizar os seus processos.

Se você está pensando em ingressar no ramo de alimentação ou pretende aperfeiçoar os métodos utilizados no seu negócio, alguns truques de empreendimento e dicas de comida congelada para vender podem te ajudar a lucrar ainda mais com esse segmento.

Afinal de contas, você já encontrou uma boa área para trabalhar — que tem crescido conforme aumentam consideravelmente as buscas por comidas rápidas e práticas — agora é só descobrir o que vender e como empreender de um jeito mais assertivo.

10 tipos de comida congelada para vender

De modo geral, há inúmeros tipos de alimentos que podem ser comercializados para facilitar a vida dos consumidores que buscam por soluções rápidas e práticas.

Entretanto, alguns produtos específicos podem combinar melhor com essa proposta de negócio.

  1. refeições congeladas prontas para consumo;
  2. sobremesas — como bolos, tortas e pavês;
  3. pizzas;
  4. salgados de festa;
  5. sopas e caldos;
  6. legumes e vegetais;
  7. porções de frutas para sucos e shakes;
  8. pratos vegetarianos;
  9. cortes especiais ou porções de carne;
  10. marmitas fitness.

03 dicas para empreender com comidas congeladas

À medida que o ramo de comidas congeladas se fortalece, a concorrência também fica maior. Sendo assim, preparar bons alimentos não é o suficiente para se destacar em um mercado tão competitivo.

Portanto, para conquistar o seu espaço como empreendedor de alimentos, você precisa utilizar as técnicas certas e apresentar diferenciais para conquistar cada vez mais clientes e, consequentemente, alavancar o seu negócio.

Quer saber como fazer isso? Confira 03 dicas para lucrar com comidas congeladas.

1. Segmente

Mas, um erro comum para os novos empreendedores é tentar atender todos os públicos, desde clientes que buscam por salgados de festas até aos que seguem dietas alimentares.

A melhor forma de atender às necessidades do seus clientes e tornar-se referência naquilo que faz é segmentando o seu negócio. Escolha uma especialidade para trabalhar e invista nela, descubra tudo sobre o segmento, conheça os consumidores e aperfeiçoe suas técnicas .

2. Planeje

Dificilmente você conseguirá alavancar um negócio sem um bom planejamento. Por isso, idealize todas as etapas relacionadas ao seu projeto, desde o plano de negócio até ao controle de estoque.

Dessa forma, pense como será feita a produção, armazenamento e distribuição dos produtos. Portanto, não esqueça de definir os métodos de divulgação da sua empresa.

Nesse passo, uma boa saída para te ajudar no planejamento e no controle da produção é a automatização dos processos, por exemplo, embalar as comidas congeladas com máquinas seladoras.

Desta forma, além de agilizar o processo e permitir o aumento de produção, você tem uma maior liberdade para criar receitas.

3. Organize

Mas, sabemos que a organização é fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Por isso, organize o estoque, como os alimentos que servem de matéria-prima, produtos finais e, claro, o ambiente de trabalho.

Uma boa dica para isso é investir em embalagens a vácuo, que além da praticidade na hora de guardar, ajudam na conservação dos alimentos e ampliam sua vida útil.

Além disso, esse tipo de embalagem é uma solução que preserva a textura dos alimentos, protegendo-o contra microrganismos, sendo resistente às diversas temperaturas.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

A conservação da carne é feita para manter a qualidade do produto por mais tempo sem perder suas propriedades, como gosto, sabor e textura.

Há diversos meios de realizar esse processo e veremos alguns deles neste artigo. Confira!

Produto embalado a vácuo

Já ouviu falar de alimentos embalados a vácuo? Esse processo envolve a retirada de todo o ar presente na embalagem. Ao serem conservados a vácuo, os alimentos ficam longe do contato com o ar, mantendo a textura, cor e sabor, afinal, não perdem os nutrientes.

Da mesma forma, as embalagens a vácuo são grandes aliadas de, por exemplo, proteínas, como as carnes, que perdem propriedades específicas ao entrarem em contato com o ar devido à proliferação de bactérias e, até mesmo, fungos que reduzem a vida útil dos alimentos.

Você pode embalar os mais diversos tipos de alimentos, como grãos, cereais, carnes, legumes, verduras, alimentos com ou sem líquidos. Porém cada alimento requer cuidados especiais antes de ser selador a vácuo, como manuseio, limpeza e até cozimento.

Como lucrar com as seladoras?

Por que embalar a vácuo?

Quem trabalha com a manipulação de alimentos entende a importância de tomar diversos cuidados para o melhor condicionamento dos produtos. Por isso, deve-se levar em conta fatores como a perecibilidade e qualidade do alimento que é levado à mesa do consumidor.

Assim, alguns alimentos demandam atenção durante o tratamento e conservação. Pois ao utilizar uma embalagem a vácuo, o produto está protegido contra a perda de características únicas presentes no ar.

Um produto embalado a vácuo é garantia de qualidade e segurança para o consumidor. Dessa forma, é responsabilidade do fornecedor do alimento garantir que o produto chegue intacto para o consumo, agregando maior valor à empresa e benefícios à saúde do cliente.

Como utilizar uma seladora a vácuo? 

Tipos de conservação da carne

Para descobrir qual a melhor forma de estocar essa proteína, é importante conhecer os diferentes tipos de conservação da carne. Assim, você saberá escolher o mais adequado para seu trabalho.

Lembrando que o processo é realizado para que a velocidade das reações químicas de oxidação do alimento seja diminuída e, também, para evitar respostas enzimáticas e a proliferação patogênica.

Dessa forma, a carne tem um tempo de validade maior e ainda conta com a preservação de suas características, evitando também a presença de microrganismos.

A seguir, você confere alguns dos processos existentes de conservação da carne:

1. Moagem

Na moagem, a carne é subdividida em partículas para que seja possível conseguir homogeneizar o produto final. Geralmente, é usado para embutidos, como salame e linguiça. Assim, esses alimentos conseguem ter sua gordura preservada por um período maior.

2. Pasteurização

Aqui, o processo é feito com a proteína sendo colocada em temperaturas abaixo de 100ºC. Quando feito isso, as enzimas ficam inativas e alguns microrganismos são mortos, aumentando a validade do produto.

3. Secagem

Na conservação por secagem é realizada a desidratação da carne, pois, retirando a água do alimento, ele demora mais a perder sua validade. Isso é feito por meio da secagem natural ou com o uso do sal para acelerar o processo.

4. Selagem a Vácuo

Essa técnica consiste em embalar o alimento a vácuo, ou seja, utilizar embalagens seladas sem nenhum ar. Dessa forma, a preservação do produto é maior, por evitar o contato com o ar, com temperaturas adversas e a contaminação por bactérias e microrganismos.

Conservando as carnes do jeito certo, você evita desperdícios e ainda oferece qualidade!

A melhor solução

A Cetro oferece soluções completas para todos os itens necessários para organizar seus alimentos, como máquinas para selar a vácuo, e também embalagens próprias para o preparo que atendem todas as certificações internacionais de qualidade.

Acompanhe o Blog da Cetro para conhecer outras técnicas de conservação de alimentos e equipamentos que podem aumentar a produtividade da sua cozinha.

Você já conhece as funcionalidades da seladora a vácuo com reservatório?

De modo geral, esse equipamento embala diversos produtos a vácuo. Porém, diferentemente das demais seladoras, o modelo conta com um reservatório que concentra os restos do que foi selado para o posterior descarte.

No artigo de hoje vamos demonstrar o funcionamento das seladoras a vácuo com reservatório. Além disso, mostramos como utilizá-las da forma correta. Acompanhe!

Produto embalado a vácuo

Já ouviu falar de alimentos embalados a vácuo? Esse processo envolve a retirada de todo o ar presente na embalagem. Ao serem conservados a vácuo, os alimentos ficam longe do contato com o ar, mantendo a textura, cor e sabor, afinal, não perdem os nutrientes.

Da mesma forma, as embalagens a vácuo são grandes aliadas de, por exemplo, proteínas, como as carnes, que perdem propriedades específicas ao entrarem em contato com o ar devido à proliferação de bactérias e, até mesmo, fungos que reduzem a vida útil dos alimentos.

Você pode embalar os mais diversos tipos de alimentos, como grãos, cereais, carnes, legumes, verduras, alimentos com ou sem líquidos. Porém cada alimento requer cuidados especiais antes de ser selador a vácuo, como manuseio, limpeza e até cozimento.

Como lucrar com as seladoras?

Por que embalar a vácuo?

Quem trabalha com a manipulação de alimentos entende a importância de tomar diversos cuidados para o melhor condicionamento dos produtos. Por isso, deve-se levar em conta fatores como a perecibilidade e qualidade do alimento que é levado à mesa do consumidor.

Assim, alguns alimentos demandam atenção durante o tratamento e conservação. Pois ao utilizar uma embalagem a vácuo, o produto está protegido contra a perda de características únicas presentes no ar.

Um produto embalado a vácuo é garantia de qualidade e segurança para o consumidor. Dessa forma, é responsabilidade do fornecedor do alimento garantir que o produto chegue intacto para o consumo, agregando maior valor à empresa e benefícios à saúde do cliente.

Como utilizar uma seladora a vácuo? 

Seladora a Vácuo com Reservatório

A seladora a vácuo com reservatório é indicada para embalar produtos com o intuito de prolongar a sua conservação e preservação, podendo ser utilizadas tanto no seu negócio quanto no dia a dia doméstico.

Para os alimentos em conserva, como carnes, queijos, vegetais, grãos e molhos, este processo de selagem a vácuo garante que o produto permaneça fresco por mais tempo, além de realçar sabores e ainda proteger do contato com microrganismos.

Também é possível selar a vácuo objetos pessoais que você gostaria de preservar, como joias, livros e documentos importantes.

Para que serve uma Seladora a Vácuo Portátil?

Qual a função do reservatório?

O reservatório armazena os “restos” que sobram do processo de selagem a vácuo, principalmente no caso de produtos líquidos ou que contenham molhos na composição.

Lembrando que o equipamento não irá remover todo o líquido presente no alimento ou embalagem, apenas o excesso.

Depois do uso, é só descartar o líquido e lavar o recipiente. Esse pequeno detalhe evita danos na bomba de sucção do equipamento.

Como utilizar a seladora a vácuo com reservatório?

Esse tipo de seladora é bastante simples: basta inserir o alimento em uma embalagem plástica com sua abertura encaixada no bico de sucção da máquina. O bico irá retirar todo o ar do saco e, em seguida, irá selar a embalagem.

Os equipamentos de vácuo automático da Cetro realizam o processo de forma automatizada. Você só precisará colocar o bico de sucção dentro do saco plástico, fechar a máquina e clicar em apenas um único botão para realizar o processo.

Já no caso das seladoras não automatizadas, é preciso levantar o bico de sucção e colocá-lo dentro do saco plástico. Em seguida, fechar a máquina e acionar a máquina para iniciar o processo de retirada do ar.

Depois, é necessário realizar a selagem, que deve ser ajustada de acordo com a espessura da embalagem utilizada.

Confira como manusear o equipamento:

Leia mais: “10 benefícios da Seladora a Vácuo

A melhor solução

Além disso, algumas máquinas contam com recursos de acordo com cada necessidade. Portanto, vale lembrar que cada seladora possui uma função específica e deve ser escolhida conforme a necessidade de produção.

A Cetro oferece soluções completas para todos os itens necessários para organizar seus alimentos, como máquinas para selar a vácuo, e também embalagens próprias para o preparo que atendem todas as certificações internacionais de qualidade.

Acompanhe o Blog da Cetro para conhecer outras técnicas de conservação de alimentos e equipamentos que podem aumentar a produtividade da sua cozinha.

Conseguir melhorar a durabilidade e tornar os alimentos frescos por mais tempo é um desejo que faz parte da vida de donos de restaurantes, supermercados, padarias e até mesmo quem apenas cozinha em sua própria casa.

O fato ajuda bastante a economizar, pois as compras rendem e há menos prejuízo. Neste artigo, você vai aprender algumas dicas que irão ajudar a manter os alimentos mais frescos. Confira!

Embalagem a vácuo

Os produtos armazenados em embalagens a vácuo são aliados da indústria alimentícia. Afinal, vale a pena citar seus benefícios como a praticidade para o consumidor, maior conservação do alimento e a rentabilidade para a empresa.

Portanto, se você trabalha com manipulação de alimentos entende a importância de tomar cuidados no condicionamento dos produtos. Por isso, leve em conta fatores como a perecibilidade e qualidade do alimento que é levado à mesa.

Proteínas, por exemplo, sofrem com a perda de suas propriedades quando entram em contato com o ar. Isso acontece devido à proliferação de microrganismos capazes de produzir fungos, responsáveis por diminuem consideravelmente o prazo de validade dos alimentos.

Confira 10 benefícios da seladora a vácuo

Por que embalar a vácuo?

Um produto embalado a vácuo é garantia de qualidade e segurança para o consumidor. Dessa forma, é responsabilidade do fornecedor do alimento garantir que o produto chegue intacto para o consumo, agregando mais benefícios à saúde.

Mas alguns alimentos demandam atenção durante o tratamento e conservação. Pois ao utilizar uma embalagem a vácuo, o produto está protegido contra a perda de características únicas.

Por isso, técnica é uma ótima aliada, principalmente para alguns tipos de produtos e formas de cozimento. Afinal, os alimentos embalados a vácuo se mantem em perfeito estado por mais tempo.

Como utilizar uma seladora a vácuo? 

Dicas para manter alimentos frescos

1. Papel toalha no alface

Intercale algumas folhas de alface com papel-toalha e coloque-as em um pote dentro da geladeira. O contato do alimento com o papel ajuda a absorver a sua umidade, o que evita que ele murche com mais rapidez.

2. Separe a maçã

Você sabia que as maçãs acabam “soltando” um gás etileno que é prejudicial para os outros alimentos? Caso fiquem em contato ou muito próximos, acabam estragando com mais facilidade. Por isso, na hora de armazenar as maçãs, deixe-as longe de outras frutas ou da fruteira. Coloque-as em um saco plástico para manter os outros alimentos frescos por mais tempo.

3. Não separe as bananas

Ao comprar um cacho de banana e colocar em sua fruteira, não as separe. Isso ajuda a proteger o alimento e evita que fiquem escurecidas em pouco tempo. Outra dica é embrulhar os “talos” que unem o cacho com um papel plástico-filme, o que fará com que a entrada de ar seja bloqueada, aumentando a validade do alimento.  

4. Utilize a selagem dos alimentos

Guardar os alimentos frescos em plásticos selados a vácuo ajuda a fazer com que durem mais, retirando todo o ar da embalagem. Isso ajuda a proteger também contra bactérias e outros microrganismos.

5. Use papel-alumínio para o salsão

Faça o salsão durar mais usando um papel-alumínio para embrulhá-lo. O efeito ajuda a eliminar os gases que podem estragar o alimento.

6. Limpe a geladeira e dispensa!

Realizar uma limpeza na geladeira e na dispensa semanalmente evita que alimentos estragados possam contaminar outros — ou até mesmo a ingestão acidental daqueles que já passaram do prazo de validade.

Alimentos frescos: atenção aos sinais

É muito importante prestar atenção aos sinais que os alimentos dão para mostrar que estão estragados. Além de sempre checar e respeitar a data de validade, você pode analisar aspectos físicos, como o odor, textura e, em último caso, sabor.

Quando falamos sobre carnes, a cor do alimento tem muito a dizer. Caso note cores em tons cinza ou esverdeado, não pense duas vezes e descarte! Ovos crus podem ser notados ao colocá-los em um copo com água. Caso ele flutue, significa que está estragado.

A melhor solução

A embalagem a vácuo confere manutenção da texturasaborcor e frescor aos alimentos, com perda mínima de nutrientes, se comparada a outros tipos de embalagens.

Mas é fundamental que se observe as condições de higiene, temperatura ambiente e temperatura de refrigeração. Lembrando que, para determinados alimentos, mesmo embalados a vácuo e congelados, podem apresentar alterações de textura e sabor além de oxidação.

A Cetro oferece soluções completas para todos os itens necessários para organizar seus alimentos, como equipamentos para selar a vácuo e também embalagens próprias para o preparo que atendem todas as certificações internacionais de qualidade.

Acompanhe o Blog da Cetro para conhecer outras técnicas de conservação de alimentos e equipamentos que podem aumentar a produtividade da sua cozinha.