Acesse a Loja

Projeção para crescimento do PIB e estabilidade do Índice de Confiança na indústria apontam para cenário otimista até o final do ano

Mesmo com vários acontecimentos que continuam impactando o mundo, como o conflito entre Rússia e Ucrânia, a queda do euro, que ocasionou sua paridade com o dólar, e a piora da pandemia da Covid-19 na China, com a adoção de novos lockdowns, existe uma previsão para que a economia e a indústria nacional cheguem ao final do ano com saldo positivo.

Prova disso é que o Informe Conjuntural do 2º trimestre, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), projeta um crescimento de 1,4% para o Produto Interno Brasileiro (PIB) do Brasil.

Em dezembro de 2021, este índice estava em 1,2%, mas em abril deste ano caiu para 0,9%.

Um dos motivos para o aumento deste número foi o bom desempenho da economia nacional no primeiro semestre de 2022, ocasionado pela melhoria do mercado de trabalho, com queda no nível de desemprego, e maior demanda do setor de serviços.

Retomada do mercado de trabalho e ações federais ajudaram a girar a economia no começo de 2022

A primeira metade de 2022 ficou marcada por vários fatores, dentre eles a recuperação do mercado de trabalho, que totaliza 97,5 milhões de pessoas empregadas, e algumas iniciativas do governo federal para aquecer a economia, incluindo o saque extraordinário do FGTS, o adiantamento do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS, o retorno do pagamento do abono salarial e o crescimento das transferências diretas de renda.

Com isso, a própria CNI fez uma revisão das projeções relacionadas ao PIB da Indústria e do setor de Serviços.

Após um primeiro trimestre com altas moderadas de produção, o PIB Industrial tem uma previsão de alta de 0,2%, sendo que antes havia uma perspectiva de queda de 0,2%.

Houve também um aumento na expectativa de alta da área de Serviços, beneficiada pela normalização pós-pandemia dos serviços de mobilidade.

A projeção que anteriormente estava estabelecida como alta de 1,2% subiu para uma alta de 1,8%.

Confiança do empresário industrial permaneceu estável

Juntamente com um otimismo maior para o crescimento do PIB brasileiro, houve também uma estabilidade no Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), que também pertence a CNI.

O indicador ficou em 57,8 pontos, de um total de 100, na transição de junho para julho de 2022.

Importante mencionar que o ICEI conta com uma linha de corte situada nos 50 pontos.

Se o índice permanecer acima destes 50 pontos, significa que existe confiança na indústria; se ficar abaixo, falta de confiança.

Os dados foram obtidos entre os dias 1º e 7 de julho após ouvir 1571 empresas, sendo 619 de pequeno porte, 584 de médio porte e 368 de grande porte.

O ICEI é composto por outros dados importantes, que você irá conhecer agora.

Índice de Condições Atuais

Este indicador consiste em uma média ponderada da situação atual da economia nacional e das empresas.

No período já mencionado, este índice apresentou uma leve queda, de 0,4 ponto, fechando em 51,1 pontos.

Índice de Expectativas

Por sua vez, o Índice de Expectativas é a média ponderada dos índices que mostram quais as expectativas para as empresas e a economia brasileira.

Neste caso, o indicador permaneceu estável, ficando em 61,1 pontos.

Esta pontuação demonstra que a indústria brasileira continua otimista para o restante do ano de 2022.

Ministério da Economia também prevê crescimento econômico em 2022

Assim como a CNI, o Ministério da Economia também projeta um crescimento do PIB neste ano, agora estimado em 2%, mesmo número calculado no final de 2021.

É previsto que o valor do PIB de 2022 fique em R$ 9,7 trilhões, R$ 10 bilhões a mais do que em 2021.

Os dados foram divulgados no Boletim MacroFiscal, organizado pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia.

Maximize a produção da sua indústria com os produtos da Cetro

Como pudemos ver, as expectativas para a indústria brasileira ainda neste ano estão positivas, inclusive com previsão de aumento do PIB.

Espera-se também que a economia continue aquecida com o crescimento constante das vendas no setor de comércio, demonstrando que os clientes continuam dispostos a consumir.

Para sua indústria acompanhar este ritmo de crescimento, nada melhor do que contar com os equipamentos da Cetro!

Aqui você encontra as máquinas para transformar sua produção, como Envasadoras, Empacotadoras, Rotuladoras, Encapsuladoras, Seladoras e muitas outras opções!

Confira mais de nosso portfólio clicando neste link.

E para mais conteúdos como dicas, tutoriais, artigos sobre tecnologia e inovação, continue acompanhando o blog da Cetro!

tt ads

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.