Acesse a Loja

É extremamente necessário criar um planejamento de compras para sua empresa. Uma atitude como essa pode, em momentos de economia mais enxuta, fazer total diferença no orçamento mensal de seu negócio.

A ideia deve ser sempre gastar menos e vender mais, e para ter noção do seu preço de venda é essencial saber o quanto foi gasto.

Quer saber como criar um bom planejamento e aproveitar melhor o caixa disponível para as compras empresariais?

Confira o artigo e siga as nossas dicas!

O que é um planejamento de compras?

Nas últimas décadas o planejamento de compras tem obtido um impacto importante sobre a saúde financeira das empresas.

Afinal, a previsibilidade das demandas permite verificar a disponibilidade de dinheiro em caixa, oferecendo tempo para pesquisar os melhores preços e as condições de pagamento favoráveis. Ou seja, comprar com mais qualidade apresentando aos consumidores produtos melhores, a preços mais competitivos.

Por isso, o planejamento de compras é um processo estratégico, que visa gerenciar o fluxo de suprimentos de uma empresa, zelando pelo preço, prazo e qualidade.

O plano de compras de uma empresa deve estar alinhado com o planejamento estratégico, tendo como objetivo proporcionar um atendimento de excelência às necessidades dos públicos da organização. Atingindo seus objetivos, o planejamento de compras corporativas é capaz de gerar maior lucratividade para o negócio e, dessa forma, contribuir para a eficiência do planejamento de custos.

Passos para um bom Planejamento de compras

Tenha uma previsão de vendas

Nós sabemos que é quase impossível ter certeza do quanto será vendido e lucrado no mês.

Mas para que seja feito um planejamento de compras eficiente, é importante ter uma noção da quantidade.

Isso permitirá que você tenha um índice previsto na linha de produção, auxiliando na hora de decidir o volume das compras de insumos.

Leia mais: O que é uma Linha de Produção?

Monitore seu inventário

Com a previsão de vendas em mãos é hora de verificar o que ainda está disponível para produção.

Separe um tempo, pelo menos uma vez a cada quinzena, para verificar o estoque.

Muitas vezes, por falta de cuidado, é colocada no planejamento a aquisição de algum insumo que ainda está presente no estoque da empresa — um gasto extra que pode ser facilmente evitado com monitoramento frequente.

Confira: 03 Dicas para criar um padrão de qualidade

Relacione o planejamento de compras aos fornecedores

Tem tudo em mãos em termos de quantidade e necessidade de insumos?

Verifique quais são os melhores fornecedores para a ocasião. Pense na questão velocidade de entrega e preço para encontrar as opções que tragam mais benefícios.

Para ajudar, você pode fazer uma lista de produtos a serem comprados em ordem de prioridade. Assim não correrá o risco de gastar demais em algo não é urgente.

Leia mais: O que é logística empresarial?

Não estoure o orçamento

Seu planejamento de compras deve encaixar no orçamento mensal e com sobras. Portanto, nada de estourá-lo, a não ser em último caso!

Assim, quando surgir alguma situação na qual a produção precise e possa ser parada, ainda por um curto período, pare. É melhor deixar de ganhar lucro do que operar no vermelho!

Confira: Como organizar as finanças do seu negócio?

Faça um planejamento de compras internas

Da mesma forma, a própria empresa também precisa de certos insumos (canetas, móveis que necessitem ser substituídos, produtos de limpeza), e para eles o planejamento deve ser distinto.

Não misture as necessidades! Por isso, crie outro planejamento para as compras internas, com foco nas mesmas questões cabíveis abordadas acima.

Mas, o grande segredo está em separar as compras. Embora o caixa seja o mesmo, devem existir duas verbas diferentes.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

tt ads

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.